Tsukasa Space

FALANDO UM POUCO SOBRE MEGAMAN X

:: 5 minutos de leitura

Fala pesssoas, hoje quero conversar um pouco com vocês sobre um assunto que adoro: GAMES. E hoje falo sobre o mascote da Capcom. MEGAMAN X. Vem comigo...

megaman xLink externo

Fala pessoal, tudo beleza? Hoje resolvi fazer uma matéria um pouco diferente da habitual. Vou falar de um assunto que simplesmente amo: GAMES. Especificamente sobre um game que marcou toda uma geração. Hoje vou falar um pouco sobre o mascote da Capcom que é querido por muitos, odiados por poucos e amado por todos. Estou falando do azulzinho…MEGAMAN. Mas hoje vou falar um pouco sobre a Saga X. A clássica vou deixar pra depois. Então vamos lá…

Falar sobre Megaman é um verdadeiro desafio. Afinal temos uma infinidade de artigos e vídeos na internet sem falar das análises sobre este robozinho azul que tanto amamos. E se você não conhece ele (o que acho muito difícil) então senta que lá vem a história…

Tudo começou na década de 1980, quando a série Megaman ganhou o mundo conquistando milhares de fãs, tornando-se uma das franquias mais bem sucedidas e, é claro, rentáveis da famosa Capcom. Estou falando da clássica que só no “Nintendinho” (Famicon) rendeu seis jogos. Na época um verdadeiro recorde para o console. E o mais impressionante pessoal é que os jogos da franquia são praticamente os mesmos. Você anda, salta, mata robôs e vence o chefão. E sempre do mesmo jeito. Seis a oito robôs, um chefão e viva a receita mágica do sucesso. Sem histórias no início… e mesmo assim todos nós adorávamos na época e até os dias de hoje. Volta e meia me pego jogando este clássico.

Enfim, como disse não vou focar aqui na série clássica, mas sim a partir dos anos 1990, quando o SNES deus as caras e claro…Megaman apareceu também no console. Claramente inspirado no Astro Boy, outro anime que em breve estarei trazendo aqui na coluna, Megaman X foi outro destaque no console.

megaman xLink externo

Então, foi no ano de 1993 que a Capcom nos presenteou com a primeira sub-série de Megaman…o conhecido Megaman X. O game foi um sucesso pessoal, trazendo novos personagens e uma história mais encorpada e madura. A trama se passa vários anos depois da série clássica que até presente momento conta com 10 capítulos.

No SNES, Megaman X recebeu três títulos de sucesso. Megaman X, Megaman X2 e Megaman X3. Isso no SNES. E com a chegada de um novo Megaman anunciada pela Capcom apresento a minha retrospectiva especial de Megaman X.

MEGA MAN X

Tudo acontece 100 anos depois da série clássica. O ano é 21XX (20XX na original), quando um famoso paleontólogo, Dr.Cain, achou por acidente o antigo laboratório do renomado Dr. Thomas Light que nada mais era do que o criador do Megaman. E não foi só isso que aconteceu não. Ele achou dentro de uma cápsula criogênica (não sei porque criogênica, uma vez que megaman é um robô, mas enfim…) um novo robô chamado Megaman X. Esse era o novo modelo de Megaman que trazia inúmeras inovações como a habilidade de pensar e tomar as suas próprias decisões.

Então é lógico que Cain ativou o androide e através de estudos feitos a partir dele, criou uma legião de novos robôs agora com a capacidade de pensar. Esses novos robôs, receberam o nome de “Reploids. Mas, nem tudo dá certo né gente… e um vírus acabou invadindo o sistema dos novos robôs que ficaram furiosos e revoltados contra os seus criadores… no caso os humanos e passaram a se chamar Mavericks.

E foi ai que uma tropa de elite foi criada. Para combater esses robôs. E foi nesta série que surgiu um novo vilão…o mais forte de todos os Reploids…ele mesmo…Sigma (Que me lembra o Thanos na sua aparência e maneira de agir…). Por um certo tempo, Sigma foi o líder da tropa de elite controlando bem a situação, porém ele acaba se tornando um Maverick declarando guerra contra todos os humanos, liderando agora o exército inimigo.

megaman xLink externo

E a partir daí, movido por um sentimento de culpa, X resolve por um fim em Sigma e seu exército. E pra isso ele conta com a ajuda de outro personagem que apareceu na franquia: Zero. E aqui abro parênteses para uma curiosidade: Zero era pra ser o personagem principal da franquia. Ele seria o novo Megaman. No entanto ele ficou muito diferente do Megaman original e por isso foi substituído pelo X. O personagem fez tanto sucesso que chegou a ganhar sua própria zérie. Megaman Zero de tão popular que ficou.

Megaman X foi um enorme sucesso na época e acabou ganhando uma versão para PC, Celulares, participando de inúmeras coletâneas especiais para Game Cube e PS2, recebeu ainda um remake muito bacana para o PSP em 2005 (Megaman Maverick Hunter X). Recentemente ganhou uma coletânea incrível: Megaman X Collection, disponível em dois volumes para PC, recebendo um monte de extras bacanas e outras opções de filtro. Vale muito a pena.

Diversão garantida tanto para os nostálgicos quanto para os novatos. Não pode ficar fora de sua coleção. E claro, junto com a série vieram diversos produtos, como brinquedos e as chamadas Actions Figures.

megaman xLink externo

Megaman X realmente um excelente game que trouxe para o SNES inovações em relação a série clássica, elevando a franquia a um patamar inigualável. Minha nota para o jogo poderá surpreender a muitos: 8.0. O motivo é simples: dificuldade absurdamente alta do último chefe, que destoa de todo o resto do game. Porque francamente, você passa por todo o sufoco do mundo pra chegar no chefão final e pimba…é mais difícil ainda. Fora isso o game é muito bom.

Eu vou ficando por aqui. Nos vemos no próximo encontro aqui na TsukasaSpace. Até mais pessoal.

Tags

    Compartilhar

    • Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Telegram
    Você precisa ativar seu JavaScript para acessar os comentários...
    Voltar ao topo