Notícias em Geral

Conheça o sistema de classificação dos monstros de Pokémon GO e curiosidades

:: 3 minutos de leitura

Saiba como os pokémons estão classificados na nova febre do universo mobile e se surpreenda como a geo-localização de alguns desse monstrinhos no Mapa-Mundí. Confira!

Conheça o sistema de classficação dos monstros em Pokémon GO e outras curiosidades

A ansiedade de saber quando Pokémon GO chegará ao Brasil já tirou o sono de muita gente. Tem gente supondo que vai ser ainda esta semana, mas a verdade é que ninguém sabe mesmo quando isso vai acontecer No Japão (lar dos Pokémons) o jogo ainda não foi liberado. Deveria ter sido nesta (quarta-feira, 20) no entanto um possível e-mail vazado (aquele que falava que o Mc Donald's de lá seriam Poké Stops patrocinados) teria sido o motivo para o adiamento da ativação do game no arquipélago nipônico.

Enquanto isso, vários países da Europa, Estados Unidos, Canadá, Austrália e Nova Zelândia se divertem com a captura dos monstrinhos e a internet nos deixa a par sobre todas as novidades e bizarrices que se sucedem ao jogo.

Para matar a ansiedade e deixar todo mundo já preparado (no clima todos estão!) para ser o mais eficiente possível na captura o site Tec MundoLink externomontou uma lista muito interessante a respeito da classificação e geo-localização dos Pokémons no Mapa-Mundí conforme as espécies (as primeiras 151 liberadas) e os locais onde o jogo já está ativo.

Ao que parece, durante a apuração no código fonte do game, foi descoberto que o nível do jogador é um elemento chave para a aparição dos pokémons então já fiquem avisados que se quiser captura todos eles você deverá jogar bastante!

Conforme os dados levantados pelo site o monstros de bolso estão organizados da seguinte forma em Pokémon GO: muito comuns, comuns, incomuns, raros, muito raros, épicos e lendários. Algumas definições são de conhecimento público dos poké-fãs já outras são novidade para que se aventura pelo enredo da franquia. Saiba agora quem são os membros de cada facção citada:

POKÉMONS MUITO COMUNS:

Caterpie, Weedle, Pidgey, Ratatta, Ekans, Meowth, Zubat, Sandshrew, Machop, Geodude, Bellsprout, Nidoran (macho), Nidoran (fêmea), Magnamite, Hitmonchan, Voltorb, Gastly, Poliwag. Mankey, Venonat, Paras, Oddish, Slowpoke, Krabby, Goldeen, Magikarp, Eevee.

POKÉMONS COMUNS:

Bulbasaur, Charmander, Squirtle, Metapod, Kakuna, Pidgeotto, Raticate, Spearow, Arbok, Psyduck, Persian, Diglet, Golbat, Jigglypuff, Clefairy, Sandslash, Pikachu, Growlith, Abra, Machoke, Tentacool, Graveler, Ponyta, Magneton, Doduo, Seel, Koffing, Hitmonlee, Cubone, Exeggcute, Electrode, Drowzee, Haunter, Shellder, Grimer, Rhyhorn, Horsea, Staryu, Jinx.

POKÉMONS INCOMUNS:

Butterfree, Fearow, Nidorina, Nidorino, Wigglytuff, Gloom, Parasect, Dugtrio, Kabuto, Golem, Tentacruel, Machamp, Kadabra, Poliwhirl, Chansey, Primeape, Golduck, Dratini, Dodrio, Cloyster, Scyther, Hypno, Seadra, Seaking, Starmie.

POKÉMONS RAROS:

Beedrill, Pidgeot, Weepinbell, Pinsir, Snorlax, Mr. Mine, Farfetch´d, Onix, Exeggutor, Muk, Arcanine, Rapidash, Rhydon, Kingler, Magmar, Flareon, Jolteon, Tangela.

POKÉMONS MUITO RAROS:

Gyarados, Lapras, Vaporeon, Kabutops, Ivysaur, Charmeleon, Wartortle, Porygon, Omanyte, Dragonair, Raichu, Nidoqueen Nidoking, Vileplume, Gengar, Marowak, Dewgong, Kangaskhan, Alakazam, Poliwrath, Venomoth.

POKÉMONS ÉPICOS:

Aerodactyl, Venusaur, Charizard, Blastoise, Clefabe, Tauros, Omastar, Dragonite.

POKÉMONS LENDÁRIOS:

Ditto, Articuno, Zapdos, Moltres, Mewtwo, Mew.

 

 

(A emergência do aparecimento de um pokémon muito raro como Vaporeon já provocou momentos de frenesi entre os treinadores que se encontravam no Central Park poucos dias após o lançamento do game nos Estados Unidos)

 

Algumas situações dessa classificação são à primeira vista absurdas, como o fato de Tauros estar entre pokémon épicos, Beedrill ser considerado um pokémon raro e Ditto ser um pokémon lendário. Mas alguns desses casos tem explicações em Pokémon GO. Tal explicação está justamente ligada a geo-localização do monstros. Por exemplo, já se sabe que:

a) Farfetch'd, um pokémon cotado como Raro, só pode ser encontrado no continente asiático;

b) Kangaskhan, somente na Austrália (nada mais lógico!);

c) Mr. Mime, apenas na Europa;

d) Tauros, por enquanto somente na América do Norte justificando sua posição como pokémon épico;

 

Isso já dá para se ter um noção de como estarão divididos os pokémons. Vale lembrar que as classificações existem para se ajustar ao nível do jogador. Quanto maior for seu nível, maiores são as chances de encontrar os pokémons mais desejados. Um jogador de nível baixo não terá como encontrar pokémons Raros e Muitos Raros seguindo a mecânica do game.No entanto para algumas espécies será necessário estar no seu "hábitat" e para os lendários os eventos serão a chave para a captura ocorrendo em pontos específicos do globo.

Mais novidades sobre Pokémon GO você encontra na Rádio J-Hero a qualquer momento!

 

redator

Tags

    Compartilhar

    • Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Telegram
    Você precisa ativar seu JavaScript para acessar os comentários...
    Voltar ao topo