Entre Animes e Mangas

Conheça o mangá Origin e a luta não muito clichê de robôs bons e maus

:: 3 minutos de leitura

Aniquilar a raça humana ou viver tranquilamente como um humano "normal"? Estas são as duas motivações entre os robôs, porém apenas uma delas prevalecerá...

“Konnichiwa” pessoas, estava procurando algum mangá de terror para me entreter, e ao invés de encontrar aqueles mangás que tirariam meu sono, encontrei este que inicialmente me chamou atenção pelos seus traços e logo depois por seu enredo. Escrito por Boichi que tem traços muitos característicos, pois traz um ar realístico a seus desenhos e consegue passar as cenas de luta de uma maneira que parece que os traços estão se mexendo sozinho no papel. A priori, parece uma história normal de Sci-fi, porém traz discussões de inicio muito boas que nos levam a pensar por ambos os lados, digo a pensar no ponto de vista de um humano e de um androide. Mas sem mais delongas vamos ao enredo e vocês irão entender melhor.

Enredo

O ano é de 2048 um futuro não muito distante assim (afinal são apenas 30 anos), a tecnologia está muito avançada, desta forma possibilitando a criação de robôs que pareceram inofensivos, mas ao passar dos anos começaram a se parecer mais como nós (humanos), ganhando inteligência e quase um “livre arbítrio”, existem dois tipos de motivações entre os robôs, há aqueles que buscam a aniquilação da raça humana e aqueles que apenas querem viver em paz suas vidas, porém essas duas motivações sempre entram em conflito ficando em cheque qual prevalecerá.

Entra, então, nosso protagonista Origin, um robô quase perfeito, que consegue viver entre os humanos como se fosse um de nós, mas na escuridão da noite caça robôs que querem aniquilar os humanos. Origin tem uma inteligência à cima da média e consegue se concertar sozinho apenas comprando algumas peças no mercado negro. Mas como um humano, Origin precisa de dinheiro para comprar suas peças, desta forma, decide procurar emprego e consegue em uma das maiores indústrias de criação de robôs, lugar este que põe em cheque o disfarce de nosso protagonista.

Discussão quase que enlouquecedora

Por viver entre nós como se fosse um humano normal, Origin sempre entra em conflito com as ordens a ele designadas por seu antigo criador, pois um lado seu sabe que ele pode ter uma vida “calma” apenas trabalhando e comprando peças que deem a ele uma vida longa. Porém surge um senso de justiça nele que o faz ajudar os humanos, destruindo todos os robôs que querem o extermínio. Chega a ser engraçado seus conflitos no dia-a-dia, coisas simples como almoçar com os amigos da faculdade ou até mesmo conversar com a professora de robótica acaba se transformando em um caos, pois ele tem que pensar em cada movimento, cada palavra que irá falar para parecer uma pessoa “normal”.

Atualmente o mangá Origin está em seu capítulo 33 e o mangaká é o mesmo que escreveu Sun Ken Rock, dá para perceber pelos traços característicos. Bom, espero que tenham gostado desta indicação e eu te pergunto: Se você fosse um androide escolheria qual lado? Aniquilar os humanos ou viver em paz?

Não se esqueçam de compartilhar a matéria com os amiguinhos. ATÉ A PRÓXIMA.

Tags

    Compartilhar

    • Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Telegram
    Voltar ao topo