Arquivo JH

Resumos de um Otaku – Corações Curados

:: 2 minutos de leitura

Veja o resumo de Kobato, um anime romantico e cômico do grupo CLAMP

Resumos de um Otaku - Corações Curados


Kobato, anime shoujo do grupo CLAMP cercado de romance, comoção e, claro, mistérios.

Possui somente uma temporada com 24 episódios, o mangá possui 6 volumes, mas, ainda, não é publicado no Brasil.

 

Um breve resumo: 

Kobato Hanato é uma linda jovem que literalmente caiu do céu, junto com um cachorrinho azul de pelúcia, Ioryogi, que fala, cospe fogo, facilmente se irrita e sempre algo acontece com ele, como: geralmente esquecido em lugares públicos onde ele não pode se mexer, pois seria estranho um bicho de pelúcia andando e ainda mais falando.
 

Kobato veio à Terra com um propósito: realizar o seu desejo, ir para o lugar onde deveria estar. Com isso como sua missão ela deve fazer uma outra tarefa, curar os corações feridos de pessoas até que a garrafa de vidro que carrega estar cheia de, vamos dizer, felicidade.
 

Ao vir para este planeta, Kobato, arranja um emprego em uma creche e conhece Kiyozaku Fujimoto, um rapaz arrogante que sempre aparenta estar zangado, porém é uma boa pessoa; a diretora da creche, Sayaka Okiura, é perseguida por seu ex-marido, Okiura, para que pague uma dívida dando a creche a ele, com isso Kobato e outros personagens se juntam para salvar a tão valiosa escolinha, mas nunca se esquecendo de sua principal missão: curar corações feridos.
 

Em Kobato também se encontram: Chitose Mihara, dona de um apartamento que cedeu um quarto para Kobato morar; Chiho e Chise Mihara, irmãs gêmeas e filhas de Chitose (a família Mihara possui ligação com o anime Chobits); Ginsei, uma criatura que usa um tapa-olho e que tem uma rixa com Ioryogi; e Hiroyasu Ueda, um urso que é dono de uma loja de doces (Chiroru Bakery).
 

  Resumos de um Otaku - Corações Curados

  

Gostou? Então assista e se emocione com Kobato e assim tenha o seu coração ferido, curado!

Tags

    Compartilhar

    • Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Telegram
    Você precisa ativar seu JavaScript para acessar os comentários...
    Voltar ao topo