Pular o menu
 

Dorama Love

Indicação de dorama: Love Alarm

:: 5 minutos de leitura

Um triangulo amoroso que gira em torno de um app que define quem você ama.

TitaniaAutor(a)

O que dizer deste dorama que assisti todo e não entendi nada?

Shahusaushaushaushau!!

Não se assuste! Talvez por eu ser muito lenta com tecnologia eu não tenha entendido muito bem, mas quem sabe essa nova geração Y consiga entender mais rápido que eu, né?

Love Alarm estreou no segundo semestre do ano de 2019 e, pelo que eu vi, já conquistou muita gente.

Pra quem acompanha minha coluna (Dorama Love), sabe que eu sempre falo bem dos doramas que eu recomendo aqui, porém este vai ser diferente… Não que eu vá falar mal (shaushaaua), apenas não entrou no meu top list de doramas e eu espero que vocês entedam o porquê.

Love Alarm gira em torno de três personagens que formam um triângulo amoroso. Os personagens envolvidos são Kim Jo-jo, uma garota esforçada na escola que mora com sua tia e sua prima após a morte de seus pais; Hwang Sun-oh, um playboy filho de político e uma atriz famosa que vivia nos EUA e recentemente voltou a Coreia do Sul; e, por fim, Lee Hye-young, melhor amigo de Sun-oh e filho da empregada da casa onde ele mora.

Hye-young, Jo-Jo e Sun-oh

Antes de me aprofundar na estória do dorama, tenho que explicar o que é o Love Alarm. É um app para celular que funciona mais ou menos como o Tinder, mas existe uma diferença: no Tinder, você procura pessoas que te interessam, baseado na aparência e interesses em comum (pelo menos eu acho que é assim); já o Love Alarm indica se existe alguém em um raio de dez metros que ama você. Independente de quantas pessoas sejam, o app vai te avisar; se a pessoa que te ama sair desse raio de dez metros, ela some do radar do app. Eu fiquei muito confusa porque eu não sei se é a pessoa que ama que ativa o app pra avisar que ela ama a outra pessoa, se ela põe informações sobre a pessoa que ama no app para que dessa forma quando ela entrar no raio de dez metros o alarme da pessoa amada toque… Enfim, este foi um dos motivos pelo qual eu não fiquei satisfeita com o dorama.

Mas independente da minha opinião vamos à estória do dorama.

Como eu disse, é um triangulo amoroso. No começo, vemos Hye-young, apaixonado por Jo-jo e que não tem coragem de se declarar. Na verdade, ele era invisível aos olhos da garota, talvez por já ter um namorado e por ter todo o seu tempo tomado pela escola e por seus trabalhos de meio período, já que ela tinha que trabalhar para pagar uma divida que sua mãe deixou com sua tia antes de morrer. Vemos também a chegada de Son-oh dos EUA, que, ao ver que seu melhor amigo é apaixonado por Jo-jo, começa a desenvolver um interesse pela garota e logo se aproxima dela e assim se apaixona.

Hye-young, ao ver que Son-oh se apaixonou por Jo-jo, não admite seu interesse por ela, pois os dois garotos decidiram que ficaria com ela quem ela fizesse o Love Alarm tocar. No caso, ela fez o Love Alarm de Son-oh tocar e, assim, Hye-young decidiu tirar o time dele de campo. Na verdade, o Hye-young nunca nem chegou a falar com a Jo-jo na primeira parte do dorama, sendo assim, na minha opinião, impossível que ela desenvolvesse algum sentimento por ele, enquanto o Son-oh foi atrás da garota e já lascou um beijo nela, mesmo ela tendo namorado.

Depois de um tempo namorando, Jo-jo decide terminar o namoro com Son-oh, pois não se acha boa o suficiente pra ele, e instala no seu Love Alarm um escudo que impede que o Love Alarm de quem ela ama toque mesmo que ela esteja do lado da pessoa.

Com isso, passam-se quatro anos, eles terminam os estudos, seguem suas vidas… A Jo-jo pra um lado, e os dois amigos por outro. Consequentemente, acontece um reencontro em que Sun-oh está namorando e, assim sendo, Hye-young decide tentar conquistar Jo-jo. O Sun-oh fica revoltado porque, pra ele, a Jojo acabou com ele fazendo-o sofrer muito, mas a verdade é que ele ainda é apaixonado por ela, e isso fica claro porque, sempre que ele fica na área de dez metros dela, o Love Alarm de seu app dispara.

Infelizmente, eu não poderei dar uma conclusão sobre o dorama porque ele ainda não tem a conclusão, e já haverá uma segunda temporada que estreará na Netflix, segundo a mesma, no segundo semestre de 2020.

Eu sinceramente espero compreender melhor este dorama, porque eu ainda estou confusa. Talvez por ser um dorama curto com apenas oito capítulos nesta primeira temporada, eles tenham deixado para abordar melhor a mecânica do app na segunda temporada, pelo menos é o que eu espero.

Love Alarm é baseada em uma webtoon homônima criada por Chon Kye-young e é exibida pela Netflix. A trilha sonora, assim como o dorama em si, não está na meu top de OSTs. E pra quem tiver curiosidade, na Play Store tem o app do Love Alarm para baixar, porém o app parece não funcionar realmente, ele só está ali como uma forma de aumentar o marketing do dorama. Eu até acho que não faz sentido funcionar, se ele realmente for para funcionar como o dorama demonstra que ele funciona. O dorama faz parecer que é o app que determina a pessoa que você ama, realmente é muito complicado entender o funcionamento do mesmo.

Uma coisa bem interessante do dorama é a crítica social que acontece quando ocorre um suicídio em massa de pessoas que nunca tiveram seus apps alarmados, todos com idade na casa dos 20 anos, mostrando o quão dependente as pessoas estão de curtidas e feedback nas redes sociais e apps. O dorama mostra o quanto as pessoas ficaram dependentes desse app, a ponto de, em um casamento, o matrimônio só ser concluído quando o app determina que o casal realmente se ama, quando o app dos dois são ativados e o alarme toca indicando que os dois se amam, deixando claro que, se o app de um dos dois não tocasse, o casamento não seria concluído, pois não haveria sentido no mesmo.

Espero que tenham gostado da avaliação de hoje.

Você ja assistiu Love Alarm? Se sim, deixe nos comentários o que achou dele, e se tiver entendido, me explica porque eu ainda estou perdida.

Se você tem sugestão de algum dorama sobre o qual gostaria que eu escrevesse, deixa nos comentários também.

😒

Tags

Compartilhar

  • Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Telegram
Você precisa ativar seu JavaScript para acessar os comentários...
Voltar ao topo