Pular o menu

Youma no Space

#MêsDoShoujo – Youma no Theory #1 – A Verdadeira História da Família Kiryuu

:: 5 minutos de leitura

Neste Youma no Space, iremos cair em nossa primeira teoria maluca do mundo dos animes, juntando Garotas Mágicas e Vampiros, Não entendeu? Clica Aqui e Leia Mais

EdwardAutor(a)

#MêsDoShoujo - Youma no Theory #1 – A Verdadeira História da Família Kiryuu

Enfim é março, mês do Shoujo, mês das garotas, e mesmo num grande delay maior que a transmissão do enterro do chapolin colorado, nós dos escritórios E da Central J-Hero de Jornalismo, como representantes do espaço shoujo também existente nos estúdios E da Central J-Hero de Produção, invocamos os poderes teóricos desta coluna, unimos-os aos conhecimentos malucos comuns ao poder do miojo, e trazemos hoje, para o conforto da casa de vocês mais uma teoria do Youma no Space e como o Miojo mostrou seus poderes, unindo um Mahou Shoujo, que já se tornou meio antigo, com um dos mais conhecidos shoujos que nos leva a histórias de vampiros.

AVISO: Essa matéria contém conteúdo que pode ser considerado spoiler das obras Vampire Knight e Futari wa Pretty Cure Splash Star, caso não esteja familiarizado com as séries, é recomendável acompanharem as obras para um melhor entendimento dos fatos relacionados a esta matéria

#MêsDoShoujo - Youma no Theory #1 – A Verdadeira História da Família Kiryuu

Então para começar a teoria, lhes apresento a família Kiryuu, conhecidos dentre as diversas famílias de caçadores de vampiros pela quebra de tabus, e sua muito perdida, nobre e antiga história, resgatada pela nossa equipe de arqueologistas que desvendou lugares de difícil acesso, e que para obtê-la, foi preciso vender a mesma alma pra sete incubators diferentes enfrentar problemas desde a Romênia até o Japão.

Mas enfim, começando: Há 12 séculos nasceu a família Kyriescu, com o casal Viorica Kyriescu e Ian Kyriescu, a família nunca chegou a ser muito extensa, devido a sua origem ao noroeste da Sérvia, em divisa com a Romênia, onde se fixou e logo adentrou ao ofício de caça aos vampiros, tendo seus sucessores chegando a dizimar toda a família Scarlet, deixando vivas apenas Remilia e Flandre que acabaram por fugir ao oriente, onde se fixaram em Gensokyo (mas as scarlet são história pra outro Youma, quando encaixar Touhou)

Já no século 18, Yuri Kyriescu se casou com Minako Nanagawa, e foram para o Japão, onde o sobrenome gradualmente passou a mudar para Kiryuu, por simples adaptação ao idioma

No ano de 1862, houve uma explosão no número de vampiros que migravam clandestinamente para o Japão e com isso, a família Kiryuu acabou sendo referência como família de caçadores de vampiros, ao mesmo tempo em que dividia espaço com famílias que chegavam ao Japão para caçar estes vampiros, sendo poucas as sobreviventes, que se uniram numa espécie de sociedade.

Ao passar dos anos, ficava cada vez mais evidente que existia dentre as famílias de caçadores de vampiros um tabu, no qual não poderia nascer gêmeos, e que sempre um nasceria morto, tabu o que foi concretizado por entre os séculos, até que a família Kiryuu quebrou-o pela primeira vez.

Yui Kiryuu já sabia que levava gêmeos em seu ventre, apesar de não ter nem idéia de que quebraria esse tabu, até que próximo a hora da virada do ano deu a luz a Kaoru com cabelos e olhos azuis, que tinha aparência delicada de uma dama, e a leveza de uma pluma. Complicações no parto fizeram Michiru nascer após a meia noite, deixando claro que eram gêmeas heterozigotas, uma vez que Kaoru tinha olhos e cabelos vermelhos, num tom quase vinho, e que fez a família entrar em tensão

#MêsDoShoujo - Youma no Theory #1 – A Verdadeira História da Família Kiryuu

Passou-se um ano após o ocorrido de Kaoru e Michiru, e a família Kiryuu acabou perdendo mais influência, ao quebrar novamente o tabu, e chegou a outra notícia, Yui Kiryuu estava novamente grávida de gêmeos, desta vez de homozigotos, até que no dia 24 de outubro do ano seguinte nasceu os outros gêmeos, Zero e Ichiru, e que acabou concretizando certos incidentes pelo fato de os Kiryuu quebrar duas vezes o mesmo tabu.

A família Kiryuu, ou seja: Yui (mãe), Hideki (pai), Zero, Ichiru, Michiru e Kaoru cresceu com certas retaliações das outras famílias de caçadores de vampiros que ainda existiam, até a semana em que a família entraria em colapso.

Era uma terça feira, Kaoru e Michiru já tinham 10 anos cada uma, Zero e Ichiru tinham 8, a família voltava de uma viagem partindo de Osaka, e chegando perto do destino, durante a noite, um vortex puxou Kaoru e Michiru juntas. Elas haviam sido raptadas e levadas para Dark Fall, e lá tiveram suas memórias alteradas, tornando-se servas de Akudaikan, e tendo suas lembranças do passado suplantadas pela falha e vaga memória de que tinham sido criadas pelo mestre a quem serviam

#MêsDoShoujo - Youma no Theory #1 – A Verdadeira História da Família Kiryuu

Enquanto isso,avançou-se os dias na mansão Kiryuu, que foi invadida por Hiou Shizuka, vampira que matou Yui e Hideki e atacou Zero, tornando-o um vampiro de classe inferior, ou seja, que chega a determinado ponto no qual passa a agir só por instinto, perdendo a racionalidade.

#MêsDoShoujo - Youma no Theory #1 – A Verdadeira História da Família Kiryuu

Ichiru se tornara o último remanescente de família Kiryuu, e por sua natureza frágil, decidiu por livre e espontânea vontade seguir Shizuka, voltando a encontrar-se com seu irmão ao rolar de Vampire Knight.

#MêsDoShoujo - Youma no Theory #1 – A Verdadeira História da Família Kiryuu

Voltando-se a Kaoru e Michiru, Akudaikan mandou-as para completar seus planos e destruir Saki Hyuuga e Mai Mishou, consequentemente Cure Bloom e Cure Egret, Na situação em que ambas estavam de alteração de mente, Kaoru e Michiru eram frias e apenas seguiam o comando de atacar. Ao desenrolar dos planos, Kaoru e Michiru se sacrificaram e recuperaram ao menos seus sentimentos, e vagas lembranças, porém sem se lembrar explicitamente da família, e se tornaram as Mahou Shoujos Cure Windy I e Cure Bright I.

#MêsDoShoujo - Youma no Theory #1 – A Verdadeira História da Família Kiryuu

Atualmente a família Kiryuu conta, como membros vivos, apenas Kaoru e Michiru, além do filho de Zero Kiryuu, que não chegou a ter o nome divulgado nos documentos encontrados pela nossa equipe. Assim como dito acima, Sabe-se que Michiru e Kaoru atualmente agem na vida comum, uma vez que Saki e Mai são suas sucessoras como Mahou Shoujo, e sabe-se que elas (Kaoru/Michiru) continuam a história da família Kiryuu, não mais como família de caçadores de vampiros, mas sim como garotas mágicas.

Enfim galera… esta foi a teoria do Youma no Space para este Mês Shoujo que apesar de não ter miojo, tem algo maluco… Nos vemos na próxima matéria aqui neste mesmo site e nesta mesma coluna… FUI! o/

😒

Tags

    Compartilhar

    • Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Telegram
    Você precisa ativar seu JavaScript para acessar os comentários...
    Voltar ao topo