Pular o menu
 

Planeta Z

Membros do NCT estão sendo perturbados por sasaengs

:: 5 minutos de leitura

Os membros do NCT têm tido sérios problemas com o comportamento obsessivo das sasaengs.

WichitaAutor(a)

Sasaengs — fãs de comportamento obsessivo com idols — são um problema desde sempre para todos os grupos com seu comportamento extremo, desrespeitoso, agressivo e inadequado.

Ultimamente, muitas notícias envolvendo as sasaengs das units do NCT (Dream e 127) têm circulado na mídia, em que os membros têm demonstrado seu aborrecimento e até membros de grupos sêniores saíram em sua defesa.

Em 2017, Taeyeon e Hyoyeon, do SNSD, expuseram em seus perfis no instagram “fãs” que estavam perseguindo o NCT.

O comportamento tem piorado, já que semana passada o Kyuhyun, do Super Junior, compartilhou sua frustração online: “Sempre que vou correr hoje em dia, vejo sasaengs de longe. Eles esperam em frente à casa do NCT a noite toda até a manhã”.

Os integrantes de ambas as units sempre recebem chamadas de sasaengs enquanto fazem transmissões no VLive.

Deve ser perturbador saber que pessoas desconhecidas possuem seu número e ficam ligando incessantemente mesmo você dizendo o quanto isso é desconfortável e se recusando a atender. O problema maior é que, por causa das empresas e de como funciona a “cultura de idols” na Coreia, os artistas precisam ser cautelosos até mesmo na hora de reagir a este tipo de assédio.

Durante uma sessão no VLive, em maio, enquanto Doyoung performava covers para os fãs, ele ficou visivelmente frustrado com fãs que ligavam para seu celular pessoal interrompendo suas músicas e pediu: “Estou tentando cantar! Pare de me ligar!”.

Em janeiro, Renjun, Jeno e Chenle, do NCT Dream, estavam fazendo uma live para comemorar o aniversário de Chenle, e o telefone de Jeno tocou mais de 20 vezes durante a transmissão. Jeno tentou rejeitar as ligações, mas Renjun interveio atendendo o telefone e pedindo para parar de ligar e incomodar. Renjun e Jeno também tentaram expor o número de quem estava ligando, mostrando discretamente a tela do celular.

Dias antes do ocorrido, Jeno já havia recebido ligações em outra live, enquanto jogava com Jaemin e Jisung. Jaemin demonstrou sua frustração e que não era a primeira vez que acontecia.

Ano passado, Taeyong também parecia decepcionado enquanto recebia ligações, pedindo “por favor, não faça isso” e fazendo um “X” com as mãos enquanto suspirava; mesmo assim, ele tentou sorrir e disse: “vou mudar meu número”.

Nas últimas semanas, Haechan e Taeyong comentaram em suas lives sobre as sasaengs estarem invadindo sua privacidade, que estão deixando os membros desconfortáveis e estressados.

Haechan disse:

(…) honestamente, passar tempo com meus fãs é muito divertido e me faz feliz. Não importa de que maneira você escolha expressar seu amor por nós, nós o aceitaremos com gratidão. Mas há algumas pessoas esperando do lado de fora do nosso dormitório. Não apenas o nosso — também no dormitório do NCT Dream. É realmente estressante. Honestamente, é realmente difícil lidar com isso. Para ser honesto… eu sei que mesmo se eu disser isso, eles ainda virão. Porque pedimos a eles diretamente e também procuramos a ajuda de outros, mas nada deu certo (…) Só queremos poder descansar em nosso dormitório ou fazer coisas como sair e comer juntos. É difícil para nós quando há pessoas que nos deixam desconfortáveis ​​assim. Eu sei que você está fazendo isso porque gosta de nós… Não, na verdade, é ainda mais difícil entender por que você está fazendo esse tipo de comportamento se gosta de nós. Mas não somos apenas nós. Nossos vizinhos também se queixam muito de nós, mas tudo o que podemos fazer é pedir desculpas. (…) Então, quando encontramos um fã na rua ou se estamos em algum lugar, alguém aparece e diz: “Sou fã”, é algo que realmente nos deixa muito felizes. Não somos nada de especial, e o fato de alguém gostar de nós e se aproximar de nós para conversar é ótimo. E porque eles gostam de nós, queremos fazer algo por eles. Então, se alguém nos pede um autógrafo, estamos ansiosos para fazê-lo… mas essas pessoas não são assim. Como eu disse antes, sei que eles ainda virão [mesmo que eu diga isso], mas espero que não se sintam bem com isso. Espero que eles saibam que é uma coisa vergonhosa de se fazer (…) eu só quero que eles saibam que todos os membros estão sob muito estresse por causa deles.

Na live de Taeyong, ele pediu seriamente para as sasaengs não aparecerem e mencionou que pode ser perigoso para elas também. Também disse que os membros estão estressados e desconfortáveis com toda a situação. Também se certificou de dizer que agradece o amor e o apoio dos fãs comuns, para não confundir os dois tipos de situação.

Após o pronunciamento de Haechan, sasaengs divulgaram supostas fotos em que Haechan teria saído para beber para comemorar seu aniversário e voltou de táxi, com Doyoung. Ele teria tropeçado e caído na rua ao sair do táxi. Na Coreia, o alto consumo de álcool é algo completamente normal na sociedade, quase que cultural.

Comentários dos internautas:

“[+262, −2] Mas por que as sasaengs ficaram bravas? Eles são os f *** que estão perseguindo ele, então por que elas estariam furiosas …

[+257, −38] Ah, merda! Eu sei que não deveria estar rindo, mas do jeito que ele caiu é hilariante ㅋㅋㅋ ㅋㅋㅋ

[+208, −3] Mesmo que seja verdade, e daí? ㅋㅋㅋ Não é crime para um homem de 20 e poucos anos beber e ficar bêbado. O hyung dele não está saindo só para acompanhá-lo..?”

Na mesma semana, Doyoung saiu do dormitório e tentou tirar fotos dos rostos das sasaengs.

De acordo com usuários do Pann, sasaengs disseram que Doyoung é o membro de quem elas mais têm medo e às vezes dão as costas e saem quando é ele quem sai do prédio.

Isso tudo é, no mínimo, revoltante. Ainda mais que as empresas não fazem nada em relação.

No próximo mês, eu pretendo trazer uma matéria mais completa sobre o extremismo e a obsessão das sasaengs. Fiquem ligados!

😒

Tags

Compartilhar

  • Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Telegram
Você precisa ativar seu JavaScript para acessar os comentários...
Voltar ao topo