Pular o menu
 

Planeta Z

YG planeja debutar novo girl group

:: 2 minutos de leitura

Fato foi confirmado no dia 27 de fevereiro.

WichitaAutor(a)

Nos últimos meses, correram boatos de que a YG Entertainment estaria se preparando para debutar um novo grupo feminino.

Em 27 de fevereiro, numa coletiva de imprensa, um representante da YG confirmou os planos:

É verdade que estamos planejando a estreia de um novo grupo de garotas. No entanto, por enquanto, o selo está focado nos preparativos para os álbuns de retorno do BLACKPINK e WINNER. Vamos notificá-los mais tarde com detalhes mais específicos sobre esses planos de promoção de álbuns.

O grupo está programado para estrear no segundo semestre de 2020 e é o primeiro grupo feminino da YG depois de quatro anos.

O problema é que BLACKPINK, rumo aos quatro anos de carreira e com todo seu potencial, recordes quebrados e imensa fanbase, não teve nem seu primeiro full album. Os fãs também estão preocupados com o famoso “porão da YG”, considerando o fracasso da empresa em lançar a carreira internacional da CL e os talentos desperdiçados como Lee Hi.

Os internautas concordam que a empresa, envolvida em inúmeros escândalos principalmente nos últimos anos, mal consegue gerenciar os grupos que possui no momento e deveria investir no potencial de seus grupos atuais para não ter um fim trágico e desperdiçado como 2NE1.

Vocês não podem apenas trabalhar duro para garantir que BLACKPINK promova na Coreia?

Apenas concentrem-se no BLACKPINK. Um retorno por ano? Ridículo.

BLACKPINK ainda nem lançou um álbum completo e eles estão lançando um novo grupo feminino? Eu me sinto mal pelo BLACKPINK.

Isso é uma piada? BLACKPINK ainda não tem um álbum.

Cuidem do BLACKPINK, já faz cinco anos que elas estrearam e elas têm apenas dois miniálbuns.

Dê um comeback ao BLACKPINK!!!

Mesmo as pessoas que não são fãs conhecem esse fato [de o grupo não ter álbum completo]. O que estão fazendo?

😒

Tags

Compartilhar

  • Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Telegram
Você precisa ativar seu JavaScript para acessar os comentários...
Voltar ao topo