Pular o menu
 

My J-Hero Academia

Fanfic: Priorizar e Conciliar

:: 3 minutos de leitura

Naruto tem questionado algumas decisões que tomou, e Tsunade resolve lhe ajudar a encontrar a resposta.

MellAutor(a)

Ooi, gente! Aqui é a Mell. Esta fanfic é sobre Naruto, com uma vibe um pouco mais reflexiva do que as anteriores. Espero que gostem! Boa leitura :3

NarutoPriorizar e Conciliar

Naruto não sabia há quanto estava parado em frente ao túmulo de Jiraiya, seu finado sensei.

Quando estava perdido ou deprimido, acabava indo até ali sem se dar conta. De alguma forma, ele sentia sua presença naquele lugar, e o calor das ótimas lembranças que tinha de Jiraiya confortava seu coração de uma forma inexplicável.

O que o atual Hokage não esperava é que uma figura muito conhecida e apreciada por ele também acabasse aparecendo para visitar o túmulo do albino.

— Tsunade? — a chamou, já que ela parecia estar tão distraída quanto ele.

— Hoje faz… — ela não conseguiu terminar a frase, mas Naruto compreendeu o que a mais velha tentou dizer.

— Sim… Ainda é difícil acreditar que ele não está mais aqui, conosco — se abaixou, sendo seguido pela antiga Hokage, que se sentou ao seu lado — Ele ficaria tão feliz em conhecer nossos filhos, em ver como Konoha evoluiu… Gostaria de poder ter mostrado isso pra ele — conteve a vontade de chorar, deixando que apenas um sorriso sem vida expusesse a sua dor.

— Ele também iria se orgulhar de quem você se tornou, Naruto — Tsunade acrescentou, olhando para Naruto com compreensão. Ela compartilhava daquela dor.

— Me pergunto se iria mesmo… — suspirou, abaixando a cabeça — Sinto que venho falhando, tanto com a aldeia quanto com a minha família. Meu filho sequer consegue olhar nos meus olhos agora.

— Creio que, como Hokage, você tem feito um trabalho excelente — ela olhou para o céu, ignorando o aperto que suas memórias causavam em seu peito — Mas talvez deva pensar se o mesmo acontece quando o assunto é seu papel como pai. A Hinata te compreende e sempre fala sobre o marido com muito orgulho, mas seus filhos nem sabem opinar sobre você, pois mal te viram e muito menos conviveram com você.

Ele levou alguns minutos para absorver as palavras dela. Claro que Naruto já havia se dado conta de seus erros; contudo, não era fácil ouvir isso vindo de Tsunade.

— Como você conseguiu equilibrar seus deveres como Hokage e sua vida pessoal?

— Não sou a melhor pessoa para responder isso. Não me casei, não tive filhos e só vivi em função do meu trabalho — levantando-se, ela estendeu a mão para Naruto, que a pegou antes de se levantar também — Porém, acredito que você esteja invertendo suas prioridades. Não adianta zelar por uma aldeia inteira se você não consegue manter a paz dentro da sua própria casa. Preocupe-se mais com sua família, antes de olhar para Konoha.

Refletindo sobre aquelas palavras, Naruto viu ela se afastar, até sumir de seu campo de visão.

Um sorriso diferente tomou os lábios do loiro quando este voltou a olhar pra frente.

— Entendo por que você gostava tanto dela. De fato, é uma mulher incrível. — uma expressão pensativa tomou seu rosto — Pergunto-me o que você me diria, se estivesse no lugar dela… Provavelmente não seria algo muito diferente. — suspirou, sentindo inúmeras emoções e pensamentos invadirem seu interior — Vou me retirar por ora, mas voltarei. Tente não sentir minha falta — disse, dando uma risadinha baixa e fazendo uma curta reverência como despedida antes de se retirar dali.

Durante o caminho até sua casa, Naruto sentiu um cheiro familiar de saquê, mas não se atreveu a olhar para trás. Temeu fazê-lo e não encontrar nada — ou ninguém — ali.

😒

Tags

Compartilhar

  • Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Telegram
Você precisa ativar seu JavaScript para acessar os comentários...
Voltar ao topo