Pular o menu
 

Made in Ásia

Conheça os Programas e Bolsas para Estudar no Japão!

:: 7 minutos de leitura

Já imaginou em ir ao Japão para estudar e, quem sabe, até trabalhar por lá? Confira a matéria de hoje e conheça algumas formas de transformar esse sonho em realidade!

Fany-ChanAutor(a)

Conheça os Programas e Bolsas para Estudar no Japão!

Após uma longa viagem pela China, estamos aqui novamente com mais um Made in Ásia! Para terminar fevereiro e começar de vez 2015 (:v), hoje iremos conhecer um pouco sobre as bolsas de estudo para o Japão!

Aposto que todos aqui já sonharam no dia em que iriam para o Japão, seja só para passear ou para viver lá. Sabiam que isso não é tão distante de nós? Há bolsas de estudo para quem tem interesse em estudar por lá, e não, não é só para os descendentes.

Ficaram curiosos? Então, coloquem os cintos, pois a viagem de hoje é para o Japão!

Decolando…

Japão, grande polo tecnológico, país de cultura exemplar e ainda é o maior exportador de animes e mangás. Muitos preferem só passear por lá, mas, com certeza, a maioria das pessoas que conhecem um pouco mais a cultura japonesa quer viver por alguns meses, anos ou a vida inteira na terra do sol nascente.

Para quem quer ficar por um tempo maior no país o Consulado Japonês, junto com o Governo Japonês disponibiliza diversas bolsas de estudos em suas universidades.

Há diversas formas e bolsas para estudar por lá, se você quer fazer tudo por conta própria, você pode aprender japonês e/ ou inglês e tentar uma vaga em alguma universidade; se você é nikkei (descendente de japonês) você pode optar pelos programas e bolsas oferecidos pelo país; mas se você não se enquadra em nenhum dos anteriores, fique tranquilo, também há programas e bolsas para você estudar.

Conheça os Programas e Bolsas para Estudar no Japão!

Para Nikkeis – Ryugaku e Kenshu

Também chamadas de “bolsas das províncias”, o Ryugaku e o Kenshu são bolsas oferecidas por 42 das 46 províncias japonesas. Cada uma dessa tem uma forma de selecionar os bolsistas, e os requisitos para conquistar as bolsas também é diferente.

O Ryugaku é uma bolsa para estudar em alguma universidade e para conquistá-la, deve ter completado o terceiro grau, mas dependendo da província isso pode ser alterado, assim como os benefícios oferecidos.

Já o Kenshu é uma espécie de estágio onde você precisa ter trabalhado na área que quer atuar. Muitas vezes também é pedido que o candidato possua algum curso superior na área.

Conheça os Programas e Bolsas para Estudar no Japão!

As inscrições para as duas bolsas começam no início de todos os anos e vão até o mês de agosto. A maioria das províncias adota como critérios de avaliação o exame de língua japonesa realizado pelo Kenrem (Federação das Associações) no Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa) em setembro.

Apesar dos benefícios serem diferentes de província para província, como dito acima, estas normalmente oferecem passagens aéreas, moradia e bolsas-auxílios com preços variados.

Bolsas MEXT

As bolsas do MEXT são bolsas oferecidas pelo Ministério da Educação, Cultura, Esportes, Ciência e Tecnologia Japonês (Monbukagakusho) para estudantes estrangeiros. Estas são oferecidas a brasileiros, descendentes ou não de japoneses, desde 1956.

O MEXT oferece seis modalidades de bolsas diferentes, e para cada uma há um processo de seleção diferente. Conheças as modalidades:

Graduação – como já diz o nome é para aqueles que querem graduar em alguma universidade japonesa. Se você não possui muita experiência com a língua japonesa, não se preocupe, há um curso preparatório de 12 meses, com o curso de língua e cultura japonesa.

Entre os cursos oferecidos estão estes:

Ciências Humanas (A) – Direito, Ciência Política, Pedagogia, Sociologia, Literatura, História, Língua Japonesa, etc.

Ciências Humanas (B) – Economia e Administração de Empresas.

Ciências Naturais (A) – Ciências (Matemática, Física e Química), Elétrica e Eletrônica (Eng. Eletrônica, Elétrica e de Informação), Mecânica (Eng. Mecânica, Naval), Civil (Eng.Civil, Arquitetura e Eng. Ambiental), Química (Química Aplicada, Eng.Química, Química Industrial, Eng. Têxtil), e outras áreas (Eng. Metalúrgica, de Minas, Marinha e Biotecnologia).

Ciências Naturais (B) – Agricultura (Agricultura, Química Agrícola, Eng. Agrícola, Ciência dos Animais (Pecuária), Medicina Veterinária, Estudos Florestais, Ciência da Alimentação, Pesca), Ciências da Saúde (Farmácia, Ciências da Saúde, Enfermagem), Ciências (Biologia).

Ciências Naturais (C) – Medicina e Odontologia.

O período da bolsa é de cinco anos, e para quem faz os cursos de Odontologia, Veterinária e Medicina este período aumenta para sete anos. Após o primeiro ano, o aluno fará um processo de seleção da universidade. As inscrições são gratuitas e tem previsão para começarem em junho deste ano.

Conheça os Programas e Bolsas para Estudar no Japão!

Pós-Graduação (Pesquisa) – esta é uma bolsa para aqueles que desejam fazer uma pesquisa acadêmica nas universidades de lá e há possibilidades de prorrogá-la para um Mestrado ou até Doutorado. Nesta também é oferecido o curso preparatório.

O candidato irá escolher uma universidade para fazer a pesquisa relacionada à sua área de atuação e a duração da bolsa varia de dois anos a um ano e meio. As inscrições estão previstas para maio deste ano.

Escolas Técnicas Superiores – Após um ano de curso de língua japonesa os estudantes dessa bolsa poderão entrar no terceiro dos cursos técnicos superiores oferecidos. O curso possui cerca de quatro anos e os candidatos devem ter concluído o ensino médio com média 7 ou conceito B (bom), PS (plenamente satisfeito) ou MB (muito bom) nas matérias relevantes.

Entre as áreas de cursos oferecidos estão: Engenharia Mecânica; Engenharia Elétrica e Eletrônica; Engenharia da Comunicação e Informática; Engenharia e Ciência de Materiais; Arquitetura e Engenharia Civil; Engenharia Naval e Outros (Comunicação Internacional, Engenharia de Gestão de Informação).

Não há previsão de inscrição este ano.

Conheça os Programas e Bolsas para Estudar no Japão!

Curso Profissionalizante – Esta bolsa tem duração de três anos, após um ano de curso preparatório o aluno se ingressará em um curso profissionalizante de dois anos. O aluno que optar por esta bolsa deverá ter concluído o ensino médio e ter média 7 ou conceito B (bom), PS (plenamente satisfeito) ou MB (muito bom) em matemática e inglês.

Áreas de Estudo oferecidas: Tecnologia, Nutrição, Educação e Assistência Social, Negócios, Moda e Economia Doméstica, Cultura e Educação Geral. Há também outros cursos, mas os alunos optarem que pelos outros cursos podem enfrentar dificuldades em encontrar escolas japoneses que ofereça-os.

Não há previsão de inscrição este ano.

Treinamento para Professores do Ensino Infantil, Fundamental ou Médio – Para conseguir esta bolsa, o professor que desejar fazer um curso no Japão deve estar exercendo sua profissão no mínimo há cinco anos. Deve possuir curso universitário ou magistério e também fluência nas línguas japonesa e inglesa.

A bolsa tem duração de um ano e meio, com curso de língua japonesa, dependendo da universidade escolhida. O período de inscrições está previsto de 19 de janeiro a 6 de março deste ano.

Conheça os Programas e Bolsas para Estudar no Japão!

Língua e Cultura Japonesa – Esta bolsa é oferecida a universitários que cursam ou cursaram o curso de Letras com habilitação em língua Japonesa. O curso tem duração de um ano e não há possibilidades de prorrogá-lo. O período de inscrições é de 15 de janeiro a 2 de março deste ano.

Jet Programme (The Japan Exchange and Teaching Programme)

Programa em que jovens estrangeiros são convidados a atuar nos governos locais com o intuito de enriquecer e promover o ensino de línguas estrangeiras, o intercâmbio cultura e a compreensão entre as nações.

Este é realizado pelas repartições públicas japonesas e possui o apoio dos Ministérios de Assuntos Internos e Comunicações (Soumusho), dos Negócios Estrangeiros (Gaimusho), da Educação, Cultura, Esporte, Ciência e Tecnologia (Monbukagakusho) e do Conselho das Autoridades Locais para Relações Internacionais (CLAIR).

Conheça os Programas e Bolsas para Estudar no Japão!

Há duas modalidades do programa:

CIR (Coordenador de Relações Internacionais) – este é responsável pelas atividades de internacionalização e trabalha juntamente com os governos locais ou empresas que por ventura o contratou. Também atuam ajudando crianças brasileiras que estudam em escolas japonesas e trabalhadores brasileiros da região.

SEA (Orientador Esportivo/ Treinador) – este trabalha com atividades de internacionalização por meio de ensino de esportes específicos.

…Pousando

Se você quer saber mais sobre o assunto, ou quer se inscrever em alguma bolsa oferecida, visite os sites: Consulado Geral do Japão em São Paulo e Consulado Geral do Japão no Rio de Janeiro. Ou então procure o consulado mais próximo de você e se informe (para saber o consulado mais próximo de você clique aqui).

Nossa viagem de hoje acaba por aqui, mas mês que vêm voltamos com força total! Até lá, deixem aí nos comentários se vocês fariam algum desses cursos ou participaria desses programas e quais fariam. Até mais… O/

😒

Tags

    Compartilhar

    • Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Telegram
    Você precisa ativar seu JavaScript para acessar os comentários...
    Voltar ao topo