Pular o menu
 

J-Music ao Redor do Mundo

Simples e claro: a ascensão de Hikaru Utada

:: 5 minutos de leitura

Conhecendo um pouco da artista que conquistou o mundo nerd com sua música.

HarikenAutor(a)

Olá, pessoas! Hariken de volta! Hoje trago um pouco de uma artista que sempre me cativa muito por sua qualidade musical, e não só a mim, como ela impressiona o mundo inteiro de uma forma incrível: estamos falando da belíssima voz da nossa querida Hikaru Utada!

Muitos devem conhecer a cantora pelos seus trabalhos na obra Kingdom Hearts, o grande jogo que é uma mistura do universo da Disney com todos os seus personagens de desenhos animados com o mundo de Final Fantasy da empresa Square Enix, um grande crossover que deu muito certo e que conquistou muitos fãs pelo muito com uma ideia totalmente fora do padrão.

Da América para a Ásia, o começo do sucesso – First Love

Nossa querida Utada nasceu em Nova York, nos Estados Unidos. Filha de um produtor musical e uma cantora de enka, ela cresceu no meio musical para brilhar: com suas tentativas, ela foi descoberta por um olheiro japonês e, mesmo não sabendo muito da língua, decidiu tentar e assim começou sua grande carreira de sucesso no mercado musical japonês.

Hikaru Utada – First Love

Apesar de seus álbuns iniciais serem apenas em inglês, o que cria uma grande barreira de linguagem para os japoneses, seu primeiro álbum, Precious foi um grande sucesso, o que é uma raridade para um álbum totalmente em inglês e assim demonstrando todo o potencial da cantora nas terras nipônicas. Após o álbum Precious, ela lançou o álbum First Love, que foi o começo da carreira daquela que iria se tornar uma das grandes estrelas japonesas.

Um país a se conquistar, um ritmo a se espalhar – Automatic

Hikaru Utada – Automatic

O que dizer dos estilos da música da Utada? Eu diria que inovadores e interessantes para uma época tão diferente, afinal, quando falamos de Automatic, uma música que eu escutava há uma década, temos uma pegada bem diferente, mas muito cativante, um carisma incrível e uma voz viciante, uma combinação matadora para qualquer fã da música japonesa daquela época e até mesmo hoje em dia.

Eu diria que a Utada gosta muito de misturar aquela carga melodramática nas músicas com essa batida mais eletrônica, uma batida bem sutil e que adiciona muito para suas músicas e que se tornou sua grande marca principal como artista – ouvimos essa pegada até nas músicas de hoje.

Conquistando o mundo… com a ajuda especial de um rato icônico! – Hikari (Simple and Clean)

Como já dito, todos conhecemos a Utada pelos jogos da franquia Kingdom Hearts, isso é um fato! Mas claro que isso não teria nada a ver se a nossa querida Utada não conseguisse conquistar o mundo com suas músicas do jeito que aconteceu, demonstrando que seu sucesso iria muito além do Japão, conquistando fãs pelo mundo inteiro.

Hikaru Utada – Hikari

Utada acabou se tornando um grande destaque. Incrivelmente, o fato de ela ter nascido nos Estados Unidos acabou ajudando sua carreira, afinal, além da versão japonesa de Hikari, Utada lançou a versão em inglês da música, que foi chamada de Simple and Clean. Isso derrubou a barreira da linguagem, que muitos podem achar que é irrelevante, mas muitas vezes é algo que pode fazer muita diferença, assim como no começo da carreira da Utada e seu álbum em inglês no Japão como não daria certo uma música japonesa em um jogo “americano”.

2021: Um grande retorno! – One Last Kiss e Pink Blood

Não diria que o ano de 2021 está sendo um dos meus favoritos, diria que de longe é um daqueles anos que você só prefere esquecer. Mas neste fatídico ano que estamos vivendo temos um grande retorno da nossa querida Utada para as telas japonesas, tanto nos cinemas quanto na TV, trazendo uma grande alegria a seus fãs de longa data. E eu, como um deles, não poderia perder esta oportunidade de comemorar.

Hikaru Utada – One Last Kiss

Temos o retorno de Utada para o filme de Evangelion 3.0 + 1.0: Thrice Upon a Time com a música One Last Kiss. Lembrando que a cantora já tinha participado do filme Rebuild of Evangelion com a música Sakura Nagashi – uma grande música, apesar de não tão conhecida mesmo sendo um anime bem famoso pela cultura otaku.

Eu diria que o tempo só melhorou as músicas da Utada, e com certeza One Last Kiss é o fruto da experiência da cantora junto com a adaptação para essa nova era, afinal sua pegada continua ali, mas temos muitos ritmos que se inspiram em músicas muito famosas atualmente. O ponto é que tudo isso combina em uma grande música na voz da Utada, trazendo um grande hit que pode até passar um pouco despercebido, mas que realmente impressiona.

Hikaru Utada – Pink Blood

Fumetsu no Anata E é um anime que promete com a participação inédita de Hikaru Utada. Quer dizer, ela até participou dos filmes de Evangelion, mas em uma temporada de animes acredito que nunca tenha acontecido, o que chamou a atenção deste singelo fã que ficou totalmente empolgado com essa aparição de uma de suas cantoras favoritas nesta temporada de anime. Sim este foi um singelo relato daquilo que foi a minha reação quando descobri que Utada estava de volta, e com certeza não decepcionou no que ela faz de melhor.

Trazendo esse estilo, ritmo e voz que só ela tem, Utada vem com Pink Blood demonstrar que seu talento é real e que apenas melhorou depois desse longo tempo após seu hiato para cuidar de seu filho e desde o retorno para Kingdom Hearts 3, alegrando os seus fãs pelo mundo e com certeza acrescentando muito a uma obra muito promissora como é Fumetsu no Anata E.

Considerações finais

Acredito que muito dessa emoção de ouvir novamente uma das minhas cantoras favoritas venha de uma certa nostalgia que eu sinto por ter ouvido muito os álbuns da Utada há uns dez anos. Com certeza isso afeta em muito minha euforia para se falar sobre a artista, mas acredito que as músicas da Utada vão muito além de apenas uma nostalgia, afinal sempre que ouço suas músicas me sinto tranquilo de um forte inexplicável: ouvir suas músicas não só me traz uma calma, mas me faz ficar maravilhado por sua voz. Eu diria que com certeza a Hikaru Utada é uma das artistas que mais me influenciaram nesse meu gosto musical peculiar – claro, uma de muitos.

😒
Voltar ao topo