Pular o menu
 

Tsuki no Usagi

Ano-Novo Lunar: o festival da primavera – parte 2

:: 5 minutos de leitura

Uma festividade cheia de simbolismos e curiosidades!

TuziAutor(a)

Olá, jovens gafanhotos! Bem vindos de volta, e xīnnián kuàilè! Nesta semana vamos continuar desbravando algumas coisas interessantes sobre o Ano-Novo Chinês! Desta vez, vamos conhecer algumas curiosidades sobre o Festival da Primavera!

Vinte dias para celebrar

Muitas coisas podem ter o mesmo simbolismo na China. Por exemplo, diversos objetos, animais, cores, flores e afins podem significar boa sorte. Todavia, para os dias do Festival da Primavera, esses itens tornam-se bem específicos.

Por conta disso, cada dia do festival tem um ritual único com simbologias de sorte para espantar o azar, assim como afastar as coisas inacabadas do ano anterior e dar as boas vindas à bonança e felicidade do novo ano.

Como vimos na semana passada, o Festival da Primavera dura em média 20 dias, tendo cada um destes dias atos importantes a serem feitos.

Iniciando cinco dias antes do ano-novo lunar, esta é a temporada de organizar a casa e as comidas a serem preparadas, assim como o estoque de fogos de artifício. Afinal, durante o feriado de ano-novo é comum ter em algumas cidades da China uma grande queima deles.

Em muitas cidades da China continental, a queima de fogos de artifício foi proibida por conta da poluição que gera. Entretanto, nem todo mundo segue as regras.

Um dia antes do início do Festival da Primavera, há o costume de visitar templos e fazer oferendas aos deuses como uma forma de obter um bom ano. Aqui podemos observar que, por conta da assimilação cultural dos outros países do sudeste e leste asiático, não só os templos taoístas são visitados, como os xintoístas e budistas também.

Entre os dias mais importantes de todo feriado, estão:

1º dia do festival

Boa parte dos fogos de artifício são queimados nesse dia. Talvez o fato mais importante deste dia seja que o primeiro dia do Ano Novo Chinês é um momento para homenagear os mais velhos. As famílias costumam visitar os membros mais velhos e mais antigos, geralmente seus pais, avós e bisavós.

Empresas, famílias e centros culturais também têm o costume de contratar dançarinos para apresentar a dança do dragão ou a dança do leão. A simbologia da dança diz que ajuda a ter um bom início do ano, assim como afasta o azar do ano que passou.

Hóngbāo

Também há o hóngbāo, os envelopes vermelhos. De acordo com a tradição, os membros mais velhos e casados das famílias são aqueles que dão aos mais novos um envelope vermelho contendo dinheiro. Este dinheiro deve ajudar a transferir a sorte dos mais velhos para os jovens, ajudando-os nas dificuldades que encontram enquanto amadurecem durante o ano.

Algo supostamente divertido que podemos ver também é que, com o desenvolvimento da tecnologia, a tendência dos envelopes vermelhos digitais aumentou. É possível ver empresas, jogos e aplicativos sociais aderirem à ideia, pois torna-se uma forma de interagir ao enviá-los para chats em grupo e ver os outros disputarem quem recebe o envelope com a maior quantidade. Isso é chamado de qiǎng hóngbāo, que se traduz como pegar/roubar pacotes vermelhos.

9º e 10º dia do festival

Tradicionalmente, estes dois dias são especiais para alguns povos chineses, principalmente o Honklo, descendentes diretos do povo Hàn, pois comemoram o aniversário do Imperador de Jade, o líder do panteão taoísta. É comum haver oferendas em templos com incenso, chá, frutas, comida vegetariana ou porco assado e papel dourado, pois estes são servidos como um protocolo habitual para homenagear uma pessoa honrada.

15º dia do festival

Este é o último dia e o que indica a primeira Lua cheia do ano novo lunar. Este também é um dos dias mais aguardados, pois também é conhecido como yuánxiāo jié, o Festival das Lanternas.

Além de ser feito e comido o tāngyuán, um bolinho de arroz, também são acesas velas do lado de fora das casas, e as famílias costumam caminhar pelas ruas carregando lanternas.

Yuánxiāo jié

Este também é considerado um dia para celebração familiar, mas, além disso, é uma das datas mais românticas do calendário lunissolar, já que nos tempos mais antigos as jovens não podiam sair de casa, e o Festival das Lanternas era um dos poucos dias que lhe eram permitidos sair com mais liberdade e apreciar o festival, assim como conhecer alguém.

Um festival cheio de simbolismo e curiosidades

Há diversas outras curiosidades, crenças e simbologias ligadas ao festival da primavera. Dentre elas, podemos enumerar:

  • Aluguel de namorados(as): famílias chinesas acreditam que existe uma idade certa para casar, então eles vão pressionar os jovens da família sobre isso. Portanto, o Festival da Primavera também é um dos feriados em que alguns solteiros desesperados recorrem a contratar um falso namorado ou falsa namorada para levar para casa.
  • A limpeza é proibida em alguns dias: não é permitido tomar banho no dia de ano-novo. Assim como não se pode varrer e jogar fora o lixo antes do dia 5. Isso é para ter certeza de que você não vai tirar a sorte de você ou da sua casa. Por outro lado, há um dia antes do Festival da Primavera dedicado à limpeza.
  • Vermelho e dourado em tudo: a cor vermelha simboliza tudo o que há de mais sortudo para trazer a sua vida, por isso é extremamente usada, junto com o dourado, pois ambas as cores podem trazer sorte e riqueza.

E por enquanto é só, jovens gafanhotos! Por ora, aventurem-se pelas outras matérias do site, e não se esqueçam de acompanhar a programação da Rádio J-Hero! Esta que é sempre do seu jeito, do seu gosto!

😒
Voltar ao topo