Pular o menu
 

Tsuki no Usagi

Shintō: o conceito de Kami

:: 2 minutos de leitura

Divindades que podem representar desde as coisas simples até as mais incríveis.

TuziAutor(a)

Tuzi, da Lua, diz: Olá, jovens gafanhotos! Hoje a coelha traz curiosidades sobre os Kami! Juntos vamos descobrir um pouco mais sobre essas deidades xintoístas e desvendar o significado da existência delas!

Kami

Kami é a palavra japonesa usada para se referir a entidades com poderes sobrenaturais. Todavia, diferente de outros seres sobrenaturais japoneses, é atribuída a essas entidades um status de deidade. Sendo assim, a palavra kami acaba por muitas vezes sendo relacionada à palavra deus ou deuses no Ocidente.

Kami (神 em japonês) vem do ideograma 神 nas palavras ‘seishin’ (精神 mente, espírito) ou ‘shinsen’ (神 eremita chinês com poderes sobrenaturais).

Por ser uma palavra relacionada ao xintoísmo e por essa religião ser politeísta, há diversos tipos de Kami. Esses deuses estão relacionados a muitas coisas: desde estações do ano a rios, lagos, fenômenos sobrenaturais, entre outros.

desenho de Inari
Inari Ōkami

Sendo conhecidos como uma manifestação do musubi (energia primordial do universo), os Kami podem ser bons ou maus, assim como ter características positivas e negativas.

Kami são considerados uma espécie de incorporação da natureza, mas dificilmente são tangíveis. Acredita-se que eles habitam um mundo espelhado ao nosso chamado de shinkai (mundo dos Kami).

Para mortais conseguirem acessar o shinkai, eles precisam estar em harmonia com tudo que existe, somente assim serão capazes de encontrar o kannagara no michi (o caminho dos Kami).

Há um Kami para tudo

Há uma imensa variação de Kami ligados a todo tipo de fenômenos ou situações. Inicialmente, assim como em diversas culturas, eram criados para explicar fenômenos da natureza e coisas que antigamente possuíam um caráter extraordinário e misterioso.

Por conta disso, encontramos Kami relacionados ao Sol e à Lua, como Amaterasu e Tsukuyomi, assim como os ligados à chuva, sentimentos, riquezas, sorte, rios, florestas e colheitas. Montanhas, em geral, são consideradas sagradas pelos japoneses e tidas como moradias oficiais de Kami.

Foto monte Fuji
Monte Fuji: Konohana Sakuya Hime é a deusa do monte Fuji

Entre os deuses mais conhecidos, temos como exemplos os já citados Amaterasu e Tsukuyomi. Assim como também há:

  • Shinigami: deus da morte
  • Ame no Uzume: deusa do amanhecer e da alegria.
  • Susanoo: deus da tempestade.
  • Raijin: deus dos raios.
  • Fujin: deus do vento.
  • Inari: deusa do arroz e das raposas.

Peculiarmente, alguns mortais também podem ser considerados Kami dentro do xintoísmo. Pessoas que realizaram grandes feitos podem ser elevados ao status de kami, o que é raro de acontecer. Entretanto, heróis antigos já foram vistos assim, principalmente imperadores, pois estes eram considerados descendentes diretos de Amaterasu.

Tuzi, da Lua, diz: E por hoje é só, jovens gafanhotos! Semana que vem eu retorno com mais! Por agora, aventurem-se nas nossas matérias e acompanhem a programação da Rádio J-Hero! Esta que é sempre do seu jeito, do seu gosto!

😒
Voltar ao topo