Pular o menu
 

The Game Station

História da fusão da Square com a Enix

:: 4 minutos de leitura

Conheça a história da criação de uma das maiores empresas dos games!

AlastairAutor(a)

Nos dias de hoje, uma das coisas mais rotineiras tem sido ver empresas se unificando, se juntando com rivais diretas ou adquirindo outras marcas para aumentar seu poder de competitividade no mercado mundial. A Walt Disney Company é um dos melhores exemplos disso: ela comprou diversas marcas como Marvel, Pixar, Fox, entre outras que entraram pro universo do rato mais famoso do mundo. Então, eis que nos anos 2000 aconteceu uma das maiores fusões de empresas, que mudaria totalmente o mercado de games mundial: as poderosas SquareSoft e Enix Corporation se juntaram em uma empresa só.

Enix

A Enix foi fundada nos anos 70 e inicialmente não fazia os próprios jogos, mas publicava os de outras empresa. Dragon Quest mesmo é um exemplo: os primeiros jogos foram desenvolvidos pela Crunsoft e publicados pela Enix. Apesar de ser fundada na década de 70, a Enix só começou a trabalhar em games nos anos 80, quando realizou um concurso de programações de jogos para computador em que os vencedores seriam publicados por eles nos PCs e consoles da época. Nos anos 90, a empresa também se aventurou no mercado de animes e mangás, publicando diversos títulos.

No fim dos anos 90, a Enix ela anunciou que começaria a lançar jogos para Nintendo e Sony, e no início dos anos 2000 ela demonstrou o interesse em juntar forças com alguma gigante do mercado. Os nomes cotados para isso eram a Square e a Namco.

Square

A SquareSoft foi fundada oficialmente em 1986, mas na verdade ela nasceu em 1983 depois de uma divisão dentro da Den-Yu-Sha, tornando-se assim um projeto independente três anos depois. Seus primeiros dois títulos foram The Death Trap e Will: The Death Trap II, criados pelo lendário Hironobu Sakaguchi.

Com Sakaguchi como diretor da empresa, lançaram diversos títulos de peso, e uma das franquias mais poderosas do mundo nascia: Final Fantasy, inspirado no sucesso da sua rival Enix com o Dragon Quest. A partir daí, a Square se dedicou à desenvolver e publicar jogos do gênero RPG.

Entre os anos 80 e o início dos anos 2000, a empresa publicou alguns dos principais jogos da história do gênero nos consoles, como Chrono Trigger, Secret of Mana, Xenogears, Vagrant Story e até fez uma parceria com a Disney para desenvolver o Kingdom Hearts. Mas seu auge foi no final dos anos 90 com Final Fantasy VII, que revolucionou o mundo dos games vendendo 9,8 milhões de cópias.

Apesar do seu sucesso financeiro nos anos 90, o início dos anos 2000 não estava nada fácil para a Square. A empresa estava passando por problemas financeiros, então houve uma troca de CEO em 2001, com Yōichi Wada assumindo e prometendo mudar as coisas fazendo uma reestruturação em toda a empresa.

A fusão

Em 25 de novembro de 2002, foi oficialmente anunciada a fusão da Square com a Enix. A ideia dessa fusão era principalmente diminuir os custos de ambas as empresas e criar uma empresa japonesa poderosa no mercado de games, capaz de bater de frente com as empresas estrangeiras.

Essa fusão não foi bem aceita inicialmente, muitos acionistas de ambas empresas ficaram com o pé atrás. Os funcionários da Square também ficaram com o pé atras, pois 80% dos funcionários vinham da Enix, e isso gerou preocupação de que ganhariam muito mais que eles. Porém, o nascimento o nascimento da Square Enix melhorou tudo para os dois lados do acordo.

Yōichi Wada (à esquerda), o presidente da Enix Corp., Yasuhiro Fukushima (centro), e o vice-presidente Keiji Honda (à direita).

Com Yōichi Wada, da Square, como presidente, e Keiji Honda, da Enix, como vice, eles foram em busca de outras companhias para o fortalecimento da marca. Dentre os muitos investimentos feitos, o principal foi a Eidos, adquirida em 2009. Publisher do Reino Unido com os direitos de séries como Tomb Raider e Hitman, ela virou Square Enix Europe.

Desde então, a Square Enix já lançou grandes títulos e reviveu históricos, como Kingdom Hearts 2 e 3, Dawn of Mana, Chrono Trigger (DS), The Last Remnant, Final Fantasy VIII ao XV, Tomb Raider, Thief, Just Cause 3, Rise of the Tomb Raider, I Am Setsuna, Hitman, Nier: Automata, Life Is Strange entre outros grandes títulos AAA.

Também vários mangás foram publicados sob o nome Square Enix, como: Kingdom Hearts, Fullmetal Alchemist, Soul Eater, Star Ocean, Kuroshitsuji, Toaru Majutsu no Index, Pandora Hearts e vários outros títulos.

Hoje, a Square Enix possui cerca de 5 mil empregados e renda de mais de 280 bilhões de ienes, e está muito forte no mercado atual.

😒

Tags

Compartilhar

  • Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Telegram
Você precisa ativar seu JavaScript para acessar os comentários...
Voltar ao topo