Pular o menu
 

The Game Station

O aclamado RPG de mesa brasileiro A Bandeira do Elefante e da Arara vai virar game para PC!

:: 2 minutos de leitura

A campanha de financiamento coletivo já alcançou R$ 23 mil!

AlastairAutor(a)

Criado em terras tupiniquins, o RPG de mesa A Bandeira do Elefante e da Arara: Três Reinos iniciou uma campanha no site Catarse para virar um jogo para PC.

O jogo será desenvolvido pelo estúdio Time Galleon e até o presente momento arrecadou pouco mais de R$ 23 mil em uma meta de R$ 75 mil, com previsão de lançamento em 2020 e com traduções em inglês, espanhol e chinês.

A Bandeira do Elefante e da Arara é o único RPG brasileiro a receber o prêmio Ennie, um dos mais maiores do segmento de RPGs e jogos de tabuleiro do mundo!

Conhecido como “The Witcher brasileiro” pelos fãs internacionais e apelidado carinhosamente de “ABEA” pelos fãs brasileiros, A Bandeira do Elefante e da Arara é uma das séries nacionais de fantasia de maior sucesso de todos os tempos. Embarque conosco na criação do primeiro jogo digital ambientado neste mundo: TRÊS REINOS!

Conheça um pouco mais sobre ABEA

No estilo dos JRPGs clássicos, Três Reinos mistura uma grande narrativa com batalhas táticas. Ao longo da história, o jogador interage com um elenco rico de personagens e deve tomar decisões de grande relevância que realmente afetam a história. O game propõe uma fantasia que se passa no Brasil colonial (século XVI), na região entre Olinda e São José do Maranhão.

O jogador pode montar um grupo de até quatro personagens liderado por Baltasar, um jovem português que veio até a colônia atraído pela promessa de uma vida de aventuras, um continente de descobertas e a chance de redenção. Guiando esse grupo por diversos locais e regiões, o jogador avança em uma história dividida por capítulos e, assim como em um bom RPG de mesa, enfrenta monstros épicos, explora cavernas místicas e resolve dilemas morais. Também é possível evoluir as habilidades dos personagens conforme o avanço.

O jogo usa o mesmo sistema de regras do RPG de mesa de ABEA, mas acrescenta novidades como novas habilidades, novas mecânicas de itens mágicos, novos poderes e novas possibilidades estratégicas de combate. O jogador pode criar laços profundos entre os personagens do grupo e até mesmo desenvolver relacionamentos amorosos entre eles, mas cuidado para não deixar ninguém com ciúmes ou com o moral baixo ou você poderá sofrer consequências inesperadas.


Para conhecer mais e apoiar o projeto, você pode acessar o financiamento coletivo do Catarse.

😒

Tags

Compartilhar

  • Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Telegram
Você precisa ativar seu JavaScript para acessar os comentários...
Voltar ao topo