Shinkansen Otaku

Festival Obon: homenageando os ancestrais

:: 3 minutos de leitura

O Obon equivale ao Dia de Finados no Brasil. É dito que, durante esse festival, os espíritos retornam a este mundo para visitar seus parentes.

VickyAutor(a)

Olá, meus caros viajantes! Hoje nós iremos falar sobre um importante tradição Budista chamada de Obon (お盆) ou Bon (盆), que se assemelha ao que conhecemos aqui no Brasil como o Dia de Finados. Nessa tradição, as pessoas creem que os espíritos de seus ancestrais voltam para suas casas para se reunir com sua família. Devido a isso, a data é um momento em que as famílias se reúnem ou retornam para suas cidades natais.

Anteriormente, o Obon em qualquer lugar era comemorado no dia 15 de julho; hoje em dia, ele é comemorado em diferentes datas. Mas, em boa parte das regiões, o Obon é celebrado em torno do dia 15 de agosto e normalmente termina no dia 16 de agosto (e por isso resolvi falar disto hoje).

Entre os rituais mais tradicionais, está a limpeza dos túmulos e as oferendas de frutas e verduras nos altares da casa. Lanternas com o símbolo da família são colocadas nos túmulos para que iluminem o caminho das almas. O último dia é o dia da despedida, conhecido como tōrō nagashi, um ritual em que lanternas flutuantes são lançadas sobre as águas dos rios para indicar o caminho de volta, como podem ver no vídeo a seguir:

Origem

Mokuren era, segundo a tradição budista, um monge que se destacava muito em suas habilidades espirituais, podendo viajar entre as dimensões espirituais. Por curiosidade, ele quis encontrar o lugar de descanso de sua finada mãe e esperava encontrá-la junto a Buda, mas surpreendentemente a encontrou num lugar conhecido como Gaki ou o Reino dos Mortos Famintos de Rokugan. É um reino de punição para as almas que não podem se satisfazer na vida: os gananciosos, os lascivos, os glutões e os famintos por poder. Então, para tirá-la da penúria em que estava, Mokuren decidiu buscar um método de purificar o espírito, e a forma encontrada resultou no Obon.

Isso me lembra uma pequena história cuja autoria desconheço, mas que gostaria de compartilhar com vocês e que resume bem o que penso como deve ser nossa postura para com as crenças que são diferentes das nossas:

Um homem colocava flores no túmulo de um parente quando viu um japonês colocando um prato de arroz na lápide ao lado. Ele vira-se para o japonês preocupado e, acreditando tratar-se aquilo de um absurdo, pergunta:

— Desculpe, mas o senhor acha mesmo que alguém virá comer esse arroz?

E o japonês responde:

— Sim, quando o seu vier cheirar as flores, o meu vem comer o arroz.


E você, já conhecia o Obon? Conte-nos abaixo o que achou sobre a data, e o que mais você sabe sobre ela! Até uma próxima.

😒

Tags

Compartilhar

  • Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Telegram
Você precisa ativar seu JavaScript para acessar os comentários...

Parceiros

Top Parceiros

  • Anime X Novel
  • Banzai Animes
  • Imagine Scan
  • Kyoshiro Fansub
  • Miyuki Kuzuoka
  • Resurrection Scan
  • Tripulante Nerd

Top Parceiros Live

  • Animes Online HD
  • Infinite Fansub
  • Kyori Band
  • Leo Daniel Games
  • Mangás Brasil
  • Mundo dos animes
  • Otakus Brasil
  • Playar Gaming
  • Teoria Geek

Mais Parceiros

  • Anime Freak Show
  • Assistir animes ON
  • Branitube
  • Fênix Fansub
  • GeekPop News
  • Guardiões do poder
  • HGS Anime
  • Hope Brasil Discord
  • JBox
  • Ow Scan
  • Sakura Animes
  • Shiritori
  • TokuNET Discord
  • Tokureply
  • Universo animes
  • Vocaloid BR
  • Zodiac Book
Rádio J-Hero
  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • TikTok
  • YouTube
  • Twitch
  • GitHub

Rádio J-Hero v4.2 — Do seu jeito, do seu gosto!

Articles and logo are © 2008–present Rádio J-Hero. All rights reserved.

Design by BBX. Icons by IcoMoon. Powered by Netlify.

Política de Privacidade