Pular o menu

Preview Otaku

Golden Time – Uma fusão de emoções em apenas uma história íncrivel

:: 5 minutos de leitura

Golden Time conseguiu em alguns episódios me deixar tão transtornada com uma mistura de emoções que não há dúvida de que é um anime que não pode ser ignorado! Conheça!

Musa-samaAutor(a)

Golden Time - Uma fusão de emoções em apenas uma história íncrivel

Olá caros leitores, como estão? Se perguntando por que a rádio está com tantas matérias novas e interessantes? Vai saber né… Importante é que vocês estejam aproveitando!

Na matéria de hoje trago um release de um anime que estou assistindo e me deixando completamente estarrecida de emoções, tão surpreendente que não tenho ideia de como terminará!

Trata-se de Golden Time, que eu sabia que seria bom, mas não tanto! Venha conhecê-lo comigo, pois não vai se arrepender.

Golden Time - Uma fusão de emoções em apenas uma história íncrivel

Introdução

Golden Time é uma light novel do mesmo autor que o consagrado Toradora, Takemiya Yuyuko. Tornou-se mais comum a recente onda de adaptação de light novels para animes, e em geral a maioria dos animes do gênero possuem muita qualidade (os que não viram ecchi), também é muito comum o gênero ser confundido com shoujo, já que alguns abordam romance, como é o caso de Toradora e Golden Time.

Porém não se enganem, enquanto shoujo é em geral voltado para garotas jovens, as light novels possuem um público mais amplo e mesmo quando adaptados para animes, não perdem esta característica, sempre abordando de forma mais madura os assuntos propostos.

Resumindo: Golden Time é light novel, não shoujo.

Golden Time - Uma fusão de emoções em apenas uma história íncrivel

Desenrolando…

Mas qual é a história afinal? O nosso protagonista é Tada Banri, um rapaz que vai para a faculdade de direito em Tóquio e que acaba encontrando um rapaz do mesmo curso chamado Mistuo.

Mitsuo possui uma amiga de infância stalker que o persegue com todas as forças, chegando a ir para a mesma faculdade que ele, apenas para ficarem juntos. Banri de certa forma fica com pena da garota que é sempre rejeitada, seja por Mitsuo, seja pelas pessoas ao redor, que a julgam inalcançável por ser rica e nem tentam conversar com ela.

Golden Time - Uma fusão de emoções em apenas uma história íncrivel

Desta forma Banri e a garota, Kaga Koko (Kouko(lembro-me de quanto fizeram piada com o nome dela no lançamento) começam a se aproximar um do outro. Banri não se envolveu em um acidente e não possui lembranças do passado, com medo da pressão que a família fazia para ele voltar a ser o que “era”, preferiu fugir para Tóquio e recomeçar.

Cada um com o seu problema, seja o medo do passado, seja o medo extremo de Koko de não ser útil senão estiver com a pessoa que ama, fizeram um compreender o outro melhor do que imaginariam.

Golden Time - Uma fusão de emoções em apenas uma história íncrivel

Outros personagens muito interessantes que aparecem:

2D-kun (Sato Takaya) que quando apareceu jurei que era Crossover com  Katsuragi Keima de The World God Only Knows;

Linda-senpai que possui uma estranha relação com Banri, e não dá pra saber exatamente os seus sentimentos ou objetivos;

Oka Chinami, uma fofa garota que possui apenas como interesse a sua Okamera, ou pelo menos isso é o que finge;

– E o próprio Yanagisawa Mitsuo, que eu posso dividir em duas fases, antes e depois do cabelo loiro, pois me pareceu que ele ganhou outra face e outro modo de agir após isso.

Nana-senpai, vizinha de Banri, que ainda estou tentando entender como foi adaptada sem gerar um processo porque ela é decididamente uma personagem que age como a Nana Oosaka, senão é a própria. Apesar de que se fosse a própria, seria um pouco diferente…

Golden Time - Uma fusão de emoções em apenas uma história íncrivel

Spoiler Zone

Eu ainda não terminei de assistir, porém me senti na obrigação de dizer o que estava sentindo com este anime, ou ficaria gritando o quando odeio o Tada Banri sem ninguém para compartilhar a minha aflição.

Não se enganem, não estou dizendo que ele é o tipo de cara horrível que aparece em animes, ele não é um vilão ou algo do tipo. Ele é sincero, amigo e amoroso, e trata a Koko da forma mais digna possível, aceitando o jeito dela e dando suporte.

Porém eu não consigo aceitar o modo como ele lida com os próprios sentimentos Eu não consigo aceitar o quanto a Koko consegue relevar a situação e ignorar tudo que envolve a Linda, como conseguem por vezes parecer um casal fofo e idiota com tantos problemas sérios permeando a relação dos dois.

Golden Time - Uma fusão de emoções em apenas uma história íncrivel

Quanto você assistir vai notar de imediato a existência de “outro Banri”, aquele que sofreu o acidente, a alma com as memórias que ficaram pra trás, aquele que possui o forte amor pela Linda, porém eu não consigo entender como o Banri atual consegue  ignora a existência anterior e fazer a Koko sofrer por isso, como ele ousa ainda manter os seus sentimentos pela Linda trancados, como se fosse uma caixinha preciosa, quando Koko está logo ali.

Porém é assim que o autor Takemiya-senpai age, a relação é semelhante à de Toradora, e o modo como mexe com os sentimentos também, então por mais que eu não concorde com o andar da história, eu a admiro pela incrível habilidade de me deixar completamente vidrada.

Prova disso que é que é a primeira vez que sinto a necessidade de escrever sobre isso, mesmo que venha a revelar parte do enredo.

Golden Time - Uma fusão de emoções em apenas uma história íncrivel

Opinião Final

Não sei o que esperar, pois todas as minhas expectativas já foram superadas, sei que o final desta série não será como eu desejo, pois o decorrer da história está longe de ser mudado apenas pelas minhas vontades, mas mesmo assim recomendo que quem gosta de uma história boa de verdade veja Golden Time.

Esse não é um daqueles animes que recomendo para passar o tempo, mas um daqueles ficarão marcados como clássicos, engordando uma lista de nomes conceituados de adaptações de light novel como Toradora, AnoHana, Angel Beats, entre outros.

Golden Time - Uma fusão de emoções em apenas uma história íncrivel

São personagens que você percebe que são reais, são falhas humanas como você e isso os tornam inebriantes de assistir. Golden Time foi uma das melhores surpresas e sei que mesmo o final não vai me decepcionar.

Por isso se você leu até aqui sei que fará um bom proveito do anime, pois tem o que é necessário para entendê-lo, força de vontade e curiosidade.

E eu definitivamente não gosto do Tada Banri!

Confira abaixo a segunda abertura – The World’s End:

😒

Tags

    Compartilhar

    • Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Telegram
    Você precisa ativar seu JavaScript para acessar os comentários...
    Voltar ao topo