Pular o menu
 

Planeta Z

Planeta Z Apresenta: Quartel da Dublagem

:: 2 minutos de leitura

Puxa o banquinho, senta com a tia e vem tomar uma dose de nostalgia, que hoje eu vou apresentar um nicho do Planeta Z.

WichitaAutor(a)

Olá, humanoides agraciados pela tecnologia e velocidade da propagação da informação!

Vim contar um pouquinho sobre essa área do Planeta Z: trazer novidades, curiosidades e informação do mundo da dublagem com o toque de nostalgia e (tentativa miseravelmente falha de) humor da Wichita!

Deixem-me contar pra vocês… Quando eu cheguei aqui, era tudo mato, mas calma, que eu não vou suceder com “mas na minha época era melhor”.

Nesta década que se despede, ao menos na maioria dos casos, felizmente nossos dubladores são adorados e valorizados, sempre rodeados de fãs. Mas na época dos falecidos Orkut e MSN, eu me recordo do tumulto e da revolta quando foi anunciado que Naruto seria exibido na TV aberta. Apesar de naquela época já gostar muito da dublagem de certas obras como Fullmetal Alchemist, Yū Yū Hakusho e Cavaleiros do Zodíaco, eu vergonhosamente admito que estava no meio dos que diziam que a dublagem iria “estragar o anime”.

Hoje, defendo que Naruto no SBT foi uma das melhores coisas que poderia ter acontecido no Brasil e um dos motivos você pode conferir aqui mesmo no Planeta Z.

Eu não me recordo como exatamente essa fase rebelde passou e a admiração pela dublagem tomou lugar, mas em 2010 quando nenhuma rede social nem sonhava com stories, vídeos instantâneos e produção audiovisual de qualidade seria Sou Foda, eu passava todas as tardes pesquisando nome por nome do elenco dos meus animes favoritos e descobrindo que o Ash era o Takuya, e o Naruto já foi Goku.

Era difícil se apegar às vozes dos seus personagens favoritos e ter que garimpar informações nas escassas “fãpédias”. Na verdade, até nos dias atuais alguns dos meus dubladores favoritos continuam com as mesmas fotos de oito anos atrás em algumas comunidades de fãs.

E foi neste garimpo que eu encontrei o canal do Guilherme Briggs, em 2010. Com qualidade máxima de 480p e duração de 1 a 2 minutos, eu fiquei encantada com a ideia de ele dublar seus bonecos do Optimus Prime em situações do seu cotidiano, com a participação do Falcon e do Tobias. E aí fui descobrindo o Jackie Chan conversando com o Goku, Goku soltando o “morra, Seiya” e gostando cada vez mais da ideia de ver os personagens em situações fora do contexto de suas histórias e querendo saber mais sobre como funciona o mundo das vozes dos personagens. E é isso que eu pretendo partilhar com vocês.

Mas e aí, vocês gostam do assunto? Quais seus dubladores favoritos? Em breve eu posto meu Top 10. Por hoje, deixo com vocês um dos meus vídeos favoritos da internet.

😒

Tags

Compartilhar

  • Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Telegram
Você precisa ativar seu JavaScript para acessar os comentários...
Voltar ao topo