Pular o menu

Otaku JukeBox

ESPECIAL OTAKU JUKEBOX: Butterfly, o hino de Digimon cantado pelo Mundo

:: 8 minutos de leitura

Em contagem regressiva para a estreia de Digimon Tri que tal dar uma conferida em diversas versões da canção que virou hino da série para os fãs em todo o planeta?

Saylon KaguyaAutor(a)

ESPECIAL OTAKU JUKBOX: Butterfly, o hino de Digimon cantado pelo Mundo

Sobre significações variadas como: canção religiosa, louvor a heróis, composição poética dedicada a reis, nações e personagens célebres. A palavra "Hino" se refere àquela canção que é dedicada a homenagem e celebração. Quando a sociedade define uma música como hino quer dizer que ela deixou de ser apenas uma canção memorável e bonita a passou a assumir o teor de algo catalisador de sentimentos e convicções.

É o caso de “Imagine” (John Lennon) que imediatamente é buscada nas mentes das pessoas quando tragédias e guerras perturbam o bem estar de todos. Ou a fanfarra da Rede Globo usada nos anos 90 para celebrar as vitórias de Ayrton Senna na Fórmula 1 – eternizada como o background para homenagens ao herói brasileiro após sua morte trágica. Ou mesmo o Hino Nacional Brasileiro, que mesmo nos piores momentos da Seleção Brasileira emociona  e convoca todos a cantar.

A ideia de hino converge na união de inúmeras vozes para expressar um sentimento, pensamento, valor e comprometimento com alguém, uma causa, uma divindade, e consigo mesmo. Afinal de contas sempre temos um hino para nossas vidas. Aquela música que nos marca profundamente.

Para nós, otakus, existem diversos hinos. A cada nova temporada buscamos entre as dezenas de openings e endings dos animes aquela que mereça um lugar especial em nossa playlist. Aos mais velhos (oriundos dos anos 90) canções como “Pegasus Fantasy” e “Soldier Dream” de Saint Seiya; “Cha-la Head Cha-la” de Dragon Ball Z; “Go Go Power Rangers”  de Mighty Morphing Power Rangers;  além dos milhares de temas de abertura dos Tokusatsus que passaram na extinta TV Manchete hoje são tratadas como hinos, que – seja na programação musical da J-Hero – ou – em eventos espalhados pelo país – causam comoção em que as ouve a ponto de querer cantar junto.

Mas por que isso agora? Bom, contando com o dia de hoje ficam faltando exatos 7 dias para a estreia mais esperada para otakus em 2015: Digimon Adventure Tri e algo que é inegável ao se lembrar disso é que esse anime foi uma coletânea de hinos para nós.

ESPCIAL OTAKU JUKEBOX: Butterfly, o hino de Digimon cantado pelo Mundo

Temas de aberturas míticos na voz marcante de Kouji Wada e temas de digi-evoluções que dão arrepios só de lembrar! Pensando nisso a Otaku JukeBox resolveu preparar em definitivo o coração de todo mundo.

Sabemos que essa estreia aguardada será somente (por enquanto) nos cinemas japoneses, nas plataformas on demand do X-BOX One e PS4 no Japão e em Blu-Ray Disc. Contudo a força da cultura participativa não nos deixará de fora desse frenesi por tanto tempo, até porque é sabido que o Ocidente é um grande fã dos monstros digitais.

Mas vamos falar de música!

No país onde o tema de abertura da primeira fase da série foi completamente alterado e substituído por uma versão do Digi-Rap interpretado com letra diferente por Angélica, a eterna fada Bela.

Hoje ficamos intrigados com essa escolha (mais ninguém pode dizer que a versão da loira não é legal!), mas que ter ouvido “Butterfly” desde o começo poderia ter feito muito mais otakus naquele momento isso ninguém deve ter dúvidas.

Butterfly é uma das canções mais épicas dos animes. Kouji Wada dá toda uma cadência a música que sempre nos introduzia as aventuras dos digi-escolhidos e companhia.

Confira a interpretação de “ButterFly” feita por Kouji Wada no evento de aniversário dos 15 anos da série realizado em 2014:

Vamos à letra romanizada de Butterfly:

Gokigen na chou ni natte // Kirameku kaze ni notte // Ima sugu

Kimi ni ai ni yukou

Yokei na koto nante // Wasureta hou ga mashi as // Kore ijou

Shareteru jikan wa nai

Nani ga wow wow wow wow wow

Kono sora ni todoku no darou

Dakedo wow wow wow wow wow…

Ashita no yotei mo wakaranai

Mugendai na yume no ato no // Nanimo nai yo no naka ja

Sou sa itoshii

Omoi mo makesou ni naru kedo // Stay shigachi na imeeji darake no

Tayorinai tsubasa demo // Kitto toberu sa

On my love

Ukareta chou ni natte // Ichizu na kaze ni notte // Doko mademo

Kimi ni ai ni yukou

Aimai na kotoba tte // Igai ni benri datte

Sakenderu hitto songu kikinagara

Nani ga wow wow wow wow wow

Kono machi ni hibiku no darou

Dakedo wow wow wow wow wow

Kitai shitetemo shikata nai

Mugendai na yume no ato no // Yarusenai yo no naka ja

Sou sa joushiki

Hazure mo waruku wa nai ka na //Stay shisou na imeeji wo someta

Gikochinai tsubasa demo // Kitto toberu sa

Oh my love

Mugendai na yume no ato no // Nanimo nai yo no naka ja

Sou sa itoshii

Omoi mo makesou ni naru kedo // Stay shigachi na imeeji darake no

Tayorinai tsubasa demo //Kitto toberu sa

Oh yeah

Mugendai na yume no ato no //Yarusenai yo no naka ja

Sou sa joushiki

Hazure mo waruku wa nai ka na // Stay shisou na imeeji wo someta

Gikochinai tsubasa demo // Kitto toberu sa

Oh my love

 

Traduzindo…

Vou me tornar uma borboleta // E voar ao vento brilhante // Neste momento

Eu vou te encontrar!

As coisas desnecessárias //É melhor esquecê-las //Não há mais tempo

De ficar por aí brincando!

O que wow wow wow wow wow

Eu vou alcançar esse céu?

Mas wow wow wow wow wow

Nem sei os meus planos de amanhã!

Depois de um sonho sem fim //Dentro de um mundo de nada

Parece que

Nossos adorados sonhos vão sumir //Mas mesmo com essas imagens

Que pesam nessas asas // Eu sei que vamos voar

Em Meu Amor!

Como uma borboleta alegre // Eu vou cavalgar ao vento //Aonde quer que esteja

Eu vou te encontrar!

As palavras ambíguas // Têm um jeito surpreendentes

Vou gritá-las enquanto escuto uma batida

Será que wow wow wow wow wow

Elas vão ecoar pela cidade?

Mas wow wow wow wow wow

Eu não sou de me antecipar

Depois de um sonho sem fim // Dentro de um mundo mizerável

É sim saudade,

Vontade de te ver de novo //E mesmo com estas asas tingidas

De memórias que não somem // Eu sei que vamos voar

Oh meu Amor!

Depois de um sonho sem fim // Dentro de um mundo de nada

Parece que

Nossos adorados sonhos vão sumir // Mas mesmo com essas imagens

Que pesam nessas asas // Eu sei que vamos voar

Oh yeah!

Depois de um sonho sem fim // Dentro de um mundo mizerável

É sim saudade,

Vontade de te ver de novo // E mesmo com estas asas tingidas

De memórias que não somem //Eu sei que vamos voar

Oh meu Amor!

 

Percebem como Butterfly (em português “Borboleta”) é uma letra bonita e condizente com a aura transmitida pelo enredo do anime? Pois é! Infelizmente nunca vamos saber como isso ficaria em uma versão oficial em português, mas isso não significa que tentativas não já foram feitas. Diversas anime bands e demais seres que povoam o universo do You Tube já prestaram sua homenagem a Digimon interpretando uma versão brasileira da canção!

The Kira Justice tem uma dos acústicos mais bonitos que se pode imaginar. Contudo esse que vós  fala prefere mesmo é a versão feita pelo youtuber Ricardo Júnior. O que chego a acreditar foi o mais próximo do que seria a canção em uma versão oficial em PT-BR. Ele mudou a tradução de algumas partes da música (como a nítida troca de “borboleta” para “pássaro”), mas fora isso ficou bem legal!

Confira Butterfly (PT-BR) na voz de Ricardo Júnior:

Fora do Brasil Digimon também é sucesso. E Butterfly, é claro, é o hino cantado em homenagem aos fãs da série. Na França, por exemplo, Buttelfly vira “Papillon” na versão voz e piano desse francês que não consigo identificar (será o Kenny?).

Ouça Papillon a versão francesa de Butterfly:

Diferente do que aconteceu no Brasil, Butterfly permaneceu como tema de abertura de Digimon na Europa. Mais é óbvio que houve a mudança no idioma da canção. Os anos 90 ainda não era tão amistoso com o J-Pop.

Confira a versão do tema de abertura em espanhol:

Confira também em Português (PT-PT). Para mim essa é a segunda versão mais bacana da canção que encontrei depois da original. A letra dos nossos amigos lusófonos de Portugal é bem infantil, mas cheia de uma alegria que contagia o fã.

A versão mais legal de Butterfly que eu conheço é um Female Cover lançado este ano pelo canal do You Tube Megumi Studio JP. Além do clipe ser bem legal as vozes nesta versão da música são maravilhosas. Não tem como não gostar!

Assista  e ouça Butterfly na versão Female Cover:

Essas são só algumas das tantas versões que se pode encontrar na web. Separei as melhores para que possamos nos preparar de fato para essa grande estreia. Digimon é uma febre que retoma ao seu apogeu após anos de estrada e Butterfly é o hino que dedica-se a homenagear esse feito.

Por fim fiquem com o Trailer Oficial de Digimon Tri (que ainda não estamos cansados de assistir) onde ouvimos como trilha sonora uma versão instrumental de Butterfly com uma nova roupagem, snônimo de grandes aventuras que nos esperam a partir do próximo dia 21 de novembro de 2015 em seis maravilhosos OVAs.

Sayonara!

😒

Tags

    Compartilhar

    • Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Telegram
    Você precisa ativar seu JavaScript para acessar os comentários...
    Voltar ao topo