Otaku JukeBox

Um Álbum Incrível! Parabéns aos 19 anos de Cavaleiros do Zodíaco no Brasil!

:: 8 minutos de leitura

A Otaku JukeBox comemora os 19 anos da estreia de CDZ no Brasil com uma matéria especial sobre o álbum de sucesso lançado no Brasil em 1995 pela TV Manchete!

Um Álbum incrível! Parabéns aos 19 anos de Cavaleiros do Zodíaco no Brasil!

Yp Minna! A Otaku JukeBox entra nesse mês de setembro em um clima especial e estaremos trazendo matérias super empolgantes sobre  elementos ligados a um dos animes mais famosos no mundo: Saint Seiya! Mas aqui no Brasil eles serão os eternos Cavaleiros do Zodíaco.

O motivo da escolha é o fato de que neste mesmo mês, há exatos 19 anos, a extinta (mas incontestavelmente inesquecível) Rede Manchete de Televisão estreou às 17h30min da tarde do dia 01/09/1994 a aclamada série de Masami Kurumada em sua grade, que já tinha produções japonesas presentes.

No entanto o sucesso de CDZ foi, com toda certeza, o mais plausível que uma emissora pode alcançar com uma animação em tão pouco tempo como acontecera à Manchete durante os anos 90.

É nesse clima de aniversário, que a Otaku JukeBox retira do fundo do baú um item que poucos conhecem (e quando digo poucos me refiro a colecionadores, fanáticos e a honorável velha guarda, que ainda eram crianças naquela época) mais que representa o quão longe foi a febre por CDZ. Algo que só se repetiu, na mesma proporção, cerca de  dois anos depois com Dragom Ball e mais tarde com  animes como Pokémom e Yugi-Oh!.

Esse item raro de que estou falando, não era tão raro assim na época (lógico!), pois até mesmo em programas de tvs de emissoras adversárias se fez presente (para ver que o que falei acima a respeito da febre não é mentira!). Estou falando do álbum "Cavaleiros do Zodíaco" (que clichê hein?!) lançado no ano de 1995 contendo a trilha sonora inspirada nos personagens e enredo da série.

Um Álbum incrível! Parabéns aos 19 anos de Cavaleiros do Zodíaco no Brasil!

Exclusivamente tupiniquim (para quem não sabe é brasileiro mesmo) o álbum foi lançando nos formatos k7, vinil e o tradicional Compact Disc – CD com o selo da Sony Music/Columbia. Contendo doze faixas (sendo quatro delas playbacks), essa é a peça de coleção que somente os brasileiros tem acesso.

E que gerou muita grana para a Manchete além de um marketing extraordinário,que incrivelmente não conseguiu sustentar a emissora no cenário nacional de TV por muito tempo (o que foi, é, e será uma pena para todos os otakus para sempre).

Ao todo foram vendidas mais de 700mil cópias, além do disco ter sido premiado com os certificados de Disco de Ouro, Platina, Planita Duplo.

Para os mais antigos um momento flasback, para a galera mais atual, acretido que será uma experiência muito agradável e de "desabrochar das mentes". Mas vamos ao que interessa. Confira abaixo a ficha técnica do álbum:

01. Os Cavaleiros do Zodíaco – interpretada por Larissa e Willian
02. Seiya, o Cavaleiro de Pégasus – interpretada por Larissa e Willian
03. Saori – interpretada por Larissa e Willian
04. Mestre do Mal – interpretada por Mário Lúcio de freitas (Part. Especial: Walter Breda)
05. Shina – interpretada por Sarah Regina (Part. Especial: Hermes Barolli)
06. Marin – interpretada por Sarah Regina
07. Rap do Zodiaco – interpretada por Rodrigo e Felipe
08. Os Cavaleiros Do Zodíaco [Karaoke]
09. Seiya, o Cavaleiro de Pégasus [Karaoke]
10. Saori [Karaoke]
11. Rap do Zodíaco [Karaoke]
12. Força Astral – interpretada por Karina, Rodrigo e Felipe

Então apresentado o disco, vamos ao monento divertido: os comentários das faixas! Por uma escolha subjetiva, vou comentar o álbum em ordem decrescente.

Assim sendo nosso primeiro comentário é sobre a faixa 12 intitulada "Força Astral". Seus interprétes: Karina, Rodrigo e Felipe são filhos do empresário Mário Lúcio de Freitas dono do estúdio de dublagem Gota Mágica(produtor do disco, e de muitas outras versões em português de animes falido em 1999).

A música é explicitamente baseada no arranjo original de "Pegasus Fantasy" que é a abertura original da série no Japão. A letra bem divertida e contagiante. Como todas as músicas deste cd, a intenção de se fazer presente da cultura infantil é clara. O disco pode ser comparado a trabalhos de cantores como Xuxa, Eliana e o Trem da Alegria. Curiosamente, "Força Astral" não está entre as mais famosas.

Confira abaixo a faixa "Força Astral":



Um Álbum incrível! Parabéns aos 19 anos de Cavaleiros do Zodíaco no Brasil!

A segunda faixa é a de número sete (07). Essa é a segunda faixa mais famosa do álbum e que deve ter animado as festas de aniversário de muita gente. O "Rap do Zodíaco" é uma canção divertida sobre os doze signos dourados.

De Áries até Peixes vemos rimas divertidas sobre suas características, mas que infelizmente não são compatíveis com a personalidade dos cavaleiros de ouro. Ela é uma das faixas a ter playback. No álbum identificado como Karaokês.

 Ouça o "Rap do Zodíaco":



As próximas são Marin e Shina. As faixas 06 e 05 (lembre-se que estamos em ordem decrescente) do cd são canções especiais dedicadas as amazonas de águia mestra de Seiya e a de ofiúco (serpente/cobra). A interpretação de ambas é de Sarah Regina, esposa de Mário Lúcio de Freitas.

Nas canções Sarah retrata algumas características das guerreiras. Na canção "Marin" fala da dedicação da amazona de prata em ensinar o domínio do cosmo. Já na canção "Shina" fala das atitudes da amazona de ofiúco, além de sua relação tempestuosa com Seiya. Na canção "Shina" o dublador Hermes Barolli faz uma participação especial como o cavaleiro de pégaso. Ambas são legais, mas não são o que se pode considerar fenômeno do disco.

Ouça a canção "Marin":



Um Álbum incrível! Parabéns aos 19 anos de Cavaleiros do Zodíaco no Brasil!

E em seguida fique com "Shina":



A faixa quatro é "Mestre do Mal". O mestre Ares, ou melhor dizendo, Saga de Gêmeos também tem seu momento no cd. Vai que alguém gosta do lado maligno dele! A faixa é bem divertida e retrata a batalha dos garotos de Athena contra o temível Ares. Mário Lúcio de Freitas interpreta a música na companhia de Walter Breda, ator da Rede globo que antes de Gilberto Barolli foi o dublador de Saga. Isso se deve ao fato de CDZ ter tido duas dublagens no Brasil. 

Curta o som de "Mestre do Mal":



As próximas faixas são super especiais! A faixa 03 – Saori e a faixa 02 – Seiya, Cavaleiro de Pégasus são a dedicatória aos dois protagonistas da série de Masami Kurumada. "Saori" é uma canção com uma batida eletrônica impressionante. A letra é divertida, rimada e pega fácil.

O refrão como o nome da neta de Mitsumasa Kido é simplesente show.  Já a canção "Seiya, Cavaleiros de Pégasus" é uma síntese da personalidade do guerreiro de bronze. O refrão animado é ambientado com a mítica frase "Me dê sua força Pégaso". Ambas possui playback no álbum. Os intérpretes Larissa e William são os responsáveis pela divulgação do cd no país.

Antes de falar de Larissa e William, vamos ouvir a faixa 03 – Saori:



E também curtir a canção 02 – Seiya, Cavaleiros de Pégasus":



Agora chegamos ao clímax do álbum. Por isso decidi vir da última a primeira faixa. A canção de abertura do cd é também a música que mais foi cantada nos anos 90 quando se fala de CDZ. A primeira abertura da série "Cavaleiros do Zodíaco" é a música responsável por chamar as multidões para a frente da telinha e se ligar na TV Manchete nos fins de tarde.

Música que se fez presente nos dois primeiros OVAS (Éris a deusa da discórdia e A grande batalha dos deuses) e que para alguns desavisados é sinônimo de equívocos. A música é interpretada por Larissa e William, mas algumas versões disponíveis  na internet recebem o nome do grupo infantil Trem da Alegria. Errado! O Trem da Alegria não cantou "Cavaleiros do Zodíaco".

A dupla Larissa e William fora selecionada pela própria TV Manchete para cantar os temas da trilha sonora do anime. Durante 1995 e 1996 estiveram em programas como Angel Mixs e Xuxa Hits (Rede Globo); Bom dia & Cia, Programa Hebe e Programa Livre (SBT) onde receberam ao vivo o disco de ouro pelo álbum.

Só para título de curiosidade: A Larissa da dupla é muito querida entre os fãs de CDZ. Ela é a amada Larissa Tássi, intérprete dos temas " Pelo Mundo", "Sob o mesmo céu azul" e My Dear" que compõem a trilha de Saint Seiya: A Saga de Hades na versão brasileira.

Um Álbum incrível! Parabéns aos 19 anos de Cavaleiros do Zodíaco no Brasil!

"Cavaleiros do Zodíaco" é uma canção nostálgica. Embora a versão em português de Pegasus Fantasy interpretada por Edu Falaschi (ex-membro do grupo de rock Angra) sejam épicas e cheias de significados para os fãs, não tem como dizer que essa música não é legal e faz parte da história de anos que o anime conquistou no Brasil.

Veja agora um vídeo de 1995 onde Larissa e William cantam "Cavaleiros do Zodíaco" no progama Xuxa Hits da Rede Globo (o vídeo está em péssima qualidade!):



Ou curta a faixa "Cavaleiros do Zodíaco" com um Áudio de qualidade:



Então pessoal a Otaku JukeBox vai ficando por aqui! Esse edição foi especialmente dedicada aos milhares de fãs desta série grandiosa. Aos mais velhos, que viveram esse momento lúdico e aos mais novinhos que estão se aventurando nos spin-offs, mas que respeitam o original de coração.

Ainda esse mês vamos voltar com mais matérias para comemorar esse mês de aniversário da série. Fica meus parabéns para todos nós que amamos CDZ, e que nosso cosmo continue elevando-se até as estrelas e que Pégaso continue nos emprestando sua força!

Até a próxima e… Sayonara!

Tags

    Compartilhar

    • Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Telegram
    Você precisa ativar seu JavaScript para acessar os comentários...
    Voltar ao topo