Pular o menu

Open your Mind

Faça a sua Sexta-feira 13 ainda melhor com o filme Asura de Keiichi Sato!

:: 4 minutos de leitura

Esta semana o Open your Mind traz um prato cheio de sangue e mordidas para você que quer assistir um bom filme na sua Sexta-feira 13. Conheça Asura aqui na J-Hero!

Musa-samaAutor(a)

Faça a sua Sexta-feira 13 ainda melhor com o filme Asura de Keiichi Sato!

Bom dia, boa tarde, boa noite minhas lindezas! Demorou, mas chegou mais uma matéria da nossa querida Open your Mind! Desta vez em ritmo de Sexta-feira 13!

Sinceramente não sou fã de nada macabro ou de terror, me dá medo, me faz ficar infeliz, e eu prefiro ser feliz, se for pra chorar que seja por amor, não por tristeza!

Todavia, a J-hero tem muitas redatoras más, entre elas uma redatora cruel chamada Yuu que é viciada em suspense e temas malignos, que me recomendou (obrigou) a assistir um filme sem saber o tema. Este filme será o assunto de hoje, espero que gostem! Sem mais delongas, conheçam Asura!

Faça a sua Sexta-feira 13 ainda melhor com o filme Asura de Keiichi Sato!

Introdução

Asura é um filme de 2012 realizado pelo Estúdio Toei Animation, dirigido por Keiichi Sato, baseado no mangá de George Akiyama. Trata-se de um filme totalmente diferente do que você espera, com um tema complexo e retratando o quão humano uma pessoa pode ser.

Desenrolando…

Asura tem como contexto o Japão do século 15, soterrado por guerra, fome e desolação. Um terreno propício para que o pior do ser humano surja. Senhores feudais, filhas sendo vendidas como propriedade para se tornar escravas em mercados de tráfico. Pessoas morrendo de fome, seja pela guerra ou porque a natureza destruiu as únicas chances deles cultivarem algo. Enfim, um local onde ninguém gostaria de nascer.

É justamente nesse tipo de situação que Asura nasce, uma criança filha de uma pobre coitada que não tem o que comer, que disputa com corvos pedaços de carne podre para comer, pode parecer absurdo, mas para alimentar o filho ela faz de tudo.  Porém mesmo buscando dar o melhor para o filho, quando não se tem nem para si mesma pouco a pouco a pessoa perde a sanidade e se deixa levar pelo maior inimigo do ser humano: a fome.

A mãe de Asura chega nesse extremo, no fundo do poço, causando a ele uma marca que jamais conseguiria esquecer.

A partir disso Asura é criado como um animal, atacando humanos, comendo carne humana, sem saber falar ou entender o que dizem, apenas grunhindo e sobrevivendo. Nem um nome ele possui.

O nome Asura lhe é dado por um monge que ele não consegue matar e lhe deixa ir para que encontre o verdadeiro significado da humanidade. E é sobre isso que o filme vai ensinar, de um modo triste e dramático Asura vai ter que aprender a ser humano ou besta, e o sofrimento que vem ao decidir viver como humano.

O nome Asura provém do hinduísmo, o nome significa antideus, são considerados seres poderosos, mas malignos e pecaminosos, em determinada partes do filme você pode compreender mais profundamente a relação do personagem Asura do filme e do Asura da mitologia Hindu.

Faça a sua Sexta-feira 13 ainda melhor com o filme Asura de Keiichi Sato!

Spoiler Zone

Como qualquer filme que traga uma forte carga emocional, eu chorei e muito com ele, pois o modo como Asura se torna ciente de sua própria tragédia é muito cruel. O modo como é julgado e atormentado por aquela desgraçada abandonadora da Wakasa foi o pior, em minha opinião.

Pois demonstrou o quão infeliz é o ser humano que cuida e abandona a própria sorte um ser vivo, como um cachorro que você dá um teto e depois abandona, exatamente o que ela fez com Asura.

Faça a sua Sexta-feira 13 ainda melhor com o filme Asura de Keiichi Sato!

Opinião Final

Recomendo este filme a todos que procuram uma história consciente e que pode muito bem ser real, pois traz uma situação de fome bem realista.

Outro ponto interessante é a trilha sonora, justamente por Asura não falar, existe pouquíssimos diálogos, porém a trilha sonora é tão rica que torna este fato irrelevante, trazendo uma graciosidade e intensidade para os momentos necessários, simplesmente combina harmoniosamente como todo o filme.

Confesso que alguns traços me causaram estranheza, a diferença entre Wakasa e Asura, feito propositalmente para contrastar o puro e o maligno é algo diferente, mas que serve justamente para chamar a atenção, fazendo você analisar o traço e entender a sua importância para o filme.

Se você quer ver algo adulto extremamente impactante, veja Asura e depois deixe o seu comentário dizendo o que achou. Se já viu, então já sabe o que fazer não é? Comente, curta, compartilhe, mostre para aquele amigo que você sugeriu o filme e que até hoje não viu! Pois Asura vale todo esse esforço! Espero que tenham curtido a matéria e até a próxima.

Confira abaixo o trailer da obra e se arrepie:

😒

Tags

    Compartilhar

    • Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Telegram
    Você precisa ativar seu JavaScript para acessar os comentários...
    Voltar ao topo