Pular o menu

Open your Mind

Open your Mind – Steins; Gate: entre Paranóias e Dimensões

:: 5 minutos de leitura

Saiba mais dessa obra que tem tudo para fazer parte da sua lista de melhores animes!

Musa-samaAutor(a)


 

O que você faria se pudesse mudar o passado e consequentemente o seu futuro? Enfrentaria o que o destino lhe reservaria do mesmo jeito? Em um mundo de possibilidades, nada é como esperamos!

No Open your Mind desse semana entraremos não apenas em um mundo, mas em vários, iremos percorrer as realidades paralelas de Steins; Gate, dentro dos “devaneios” de um cientista louco que fará de tudo para salvar quem ama.
 


 

Introdução
 

Steins; Gate é um visual novel, ou seja, originalmente a obra surgiu como um game, desenvolvido pela 5pb. e Nitroplus, foi lançado em outubro de 2009 para Xbox 360. Mas nos focaremos no anime que é o foco desta matéria. Assim como Chaos; Head, outra obra feita em parceria pelas empresas, Steins; Gate também ganhou uma versão para anime em 2011. Alem disso, a extensa lista de Steins;Gate ainda conta com a publicação de mangás, como Steins;Gate (2009), Steins;Gate: Bōkan no Rebellion (2010) e Steins;Gate: Onshu no Buraunian Mōshon (2010), todos ainda em publicação.
 

O anime tem a direção de Hiroshi Hamasaki e foi produzido pelo estúdio White Fox com um total de 24 episódios muito bem escritos. A história de Steins; Gate nos traz ao mundo de conspiração que o personagem principal acaba por se envolver acidentalmente, Okabe Rintatou encontra uma garota morta e sem saber muda o rumo de sua vida para sempre, colocando ele e seus amigos em perigo por saberem demais.
 

Desenrolando
 

28 de Julho de 2010, lembre-se desta data, nesse dia Okabe Rintarou (Houin Kyouma), protagonista da obra encontra Makise Kurisu morta em uma poça de sangue, sem saber o que fazer ele manda um sms para Hashida Itaru (Daru) falando do ocorrido. No mesmo momento, um estranho fenômeno ocorre e Makise está viva sem nenhum arranhão. Como isso pode acontecer?
 

Estamos adentrando no complexo mundo de possibilidades de Steins; Gate, quando Okarin, como é carinhosamente chamado por sua amiga Shiina Mayuri (Mayushii), pergunta a Itaru e Mayuri se lembram de algo, eles negam sobre tudo.

Tentando entender a situação ele passa a fazer experimentos e descobre que conseguiu fazer uma limitada máquina do tempo que pode mandar mensagens ao passado, mas que dependendo a mensagem isso pode alterar a realidade que vivem, e fazer com que ele “pule” no tempo, partindo para outra realidade. Complicado? Pois fica pior.

O poder da máquina do tempo feita por Okabe faz com que uma organização poderosa tenha interesse na máquina e fará tudo que é possível para obtê-la, mesmo que existam mortes. A SERN passa a perseguir Okarin e seus amigos e as trágicas situações que ocorrem só podem evitadas de um modo: voltando no tempoNormalmente eu evito fazer spoilers por serem animes não-comuns, qualquer detalhe pode perder o encanto natural do anime, não fazendo vocês sentirem a mesma sensação que eu pude vislumbrar.
 

Mas em Steins; Gate me sinto obrigada a fazer uns comentários para o melhor entendimento da obra, aos aversos a Spoiler (como eu), pulem para a opinião final!
 

Spoilers Zone
 

Os encontros que Okarin faz tornam a situação mais complicada de lidar, conforme as pessoas vão descobrindo sobre o micro-ondas, elas vão mudando o seu futuro ao ponto de mudar a própria cidade, o sexo de uma pessoa ou sua existência!
 

O ponto principal da obra é todas as vezes que o passado foi mudado, pois todas elas levam ao climax da obra, a morte de Mayushii e o começo dos “saltos” desesperados de Okarin em busca de uma forma de trazer a amiga de volta a vida.
 

Outros pontos a se dar destacar é a relação de Okabe com os outros personagens ao seu redor, pois todos tem a sua importância,  Kiryu Moeka, a garota em busca do IBM5100, Urushibara Ruka, o rapaz em busca da chance de ser mulher, Amane Suzuha, uma garota em busca do pai, Tennoji Yugo, o dono da loja de televisões e Feris Nyan Nyan, a garota moe.
 

Se você pensa que personagens secundários servem apenas para dar um fundo ao principal, Steins; Gate é a prova que uma obra pode aproveitar todos os personagens muito bem. Tudo, absolutamente tudo tem importância, o IBM5100 desaparecendo tem explicação e o motivo para ele ser encontrado também, quem é o famoso John Titor que escreve sobre viagens ao tempo? E até as coisas mais corriqueiras farão sentido após ver Steins;Gate.
 

                
 

Opinião Final
 

Nenhum anime traz a irrealidade de uma forma tão real quanto Steins; Gate, a personalidade do protagonista que se auto-denomina um “cientista louco” vai se alterando, amadurecendo conforme ele vai percebendo a complexa teia que ele mesmo criou para si mesmo. A importância dos amigos, Daru e Mayushii, assim como de Cristina (Makise Kurisu) vão sendo mostradas ao máximo.
 

Os personagens são tão bem explorados que não lembro de outros animes que tenham feito isso tão bem, talvez Angel Beats ou AnoHana, você se prende as histórias deles tanto que no final você realmente estará pensando quem são os verdadeiros vilões e como tudo isso acabará, pois o anime é completamente imprevisível, sem em nenhum momento tornar-se cansativo ou “non-sense”.
 

Steins; Gate tem o seu centro no gênero Sci-Fi, mas mantém traços traços de humor e suspense em vários partes, não sendo estes fora do contexto, trazendo ainda mais conteúdo para a série. O seu principal é sem dúvida o enredo bem escrito e digno de prêmio, porém o estúdio também traz qualidade tanto na animação com suas cores bem marcantes, quanto na trilha sonora que promove o ambiente perfeito para que o anime se desenrole de maneira magnífica.
 

E se você ainda tem dúvida se vale a pena assistir um anime que não é do seu feitio, lhe aviso, não perca a chance, pois não vai se arrepender. Sem mais delongas, El Psy Congroo!
 

Confira abaixo a abertura de Steins; Gate – Hacking to the Gate (Kanako Ito):
 

😒

Tags

    Compartilhar

    • Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Telegram
    Você precisa ativar seu JavaScript para acessar os comentários...
    Voltar ao topo