Pular o menu

Notícias em Geral

One Piece é Reconhecido pelo Guinness e Entra para o Livro dos Recordes

:: um minuto de leitura

Sob o Título de comic escrito por uma única pessoa mais vendido do mundo, a obra de Eiichiro Oda adentrou hoje ao Livro dos Recordes, Leia Mais

EdwardAutor(a)

One Piece é Reconhecido pelo Guinness e Entra para o Livro dos Recordes

Nesta segunda feira, os fãs de One Piece têm motivos para comemorar pela obra que tanto gostam mais uma vez, e dessa vez não é a grande notícia que vai sair naShounen Jump (mas que pode ser e não ficamos sabendo). Segundo publicação no site oficial de One Piece, na manhã desta segunda feira (ainda noite aqui no Brasil), a obra de Eiichiro Odaentrou para o Guinness Book como ocomic escrito por uma única pessoa mais vendido do mundo

One Piece é Reconhecido pelo Guinness e Entra para o Livro dos Recordes

A entrega do certificado do Guinness se deu na noite deste domingo (14) em Tóquio, sendo logo após divulgada na página oficial da obra na internet.

Na contabilização feita pelos organizadores do Guinness, entre Dezembro de 1997, quando a obra entrou e circulação pela editora Shueishae 31 de dezembro de 2014, a obra serializada na Weekly Shounen Jump possui mais de 320.866.000 tankobons já vendidos, criando a posição para o Recorde.

Com isso, One Piece se põe ao lado de outras obras que já possuem seu nome no Guinness, como Sazae-san (Animação com maior tempo de exibição), A viagem de Chihiro (Primeira animação japonesa a receber um oscar) e Metal Gear Solid – Digital Graphic Novel (primeira graphic novel interativa para PSP)

One Piece é Reconhecido pelo Guinness e Entra para o Livro dos Recordes

Até o momento não há mais informações e fotos do evento de entrega do certificado, tal como a "grande notícia" a ser publicada na próxima Weekly Shounen Jump.

😒

Tags

    Compartilhar

    • Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Telegram
    Você precisa ativar seu JavaScript para acessar os comentários...
    Voltar ao topo