Pular o menu

Notícias em Geral

Mangá e Anime de Tokyo Ghoul tem seu Retorno Confirmado!

:: um minuto de leitura

Quase todo mundo com internet sabe que Tokyo Ghoul foi encerrado, tanto o mangá, quanto o anime, mas ambos tiveram seu retorno oficialmente confirmado! Leia mais aqui!

HibachiAutor(a)

Mangá e Anime de Tokyo Ghoul tem seu Retorno Confirmado!

A revista Young Jump anunciou que o anime Tokyo Ghoul, baseado no mangá homônimo de Sui Ishida, fará seu retono às telas em janeiro de 2015, confirmando assim o que o próprio autor falou e a informação vazada pelo site chinês do anime. E como se não bastasse de notícias boas, o mangá, que foi encerrado em Setembro, também fará seu retorno, dessa vez entitulado Tokyo Ghoul: re.

O mangá vem sido publicado desde 2011 pela Young Jump e encerrou em Setembro desse ano, totalizando 14 volumes encadernados pela Shueisha. O anime teve 12 episódios produzidos pelo estúdio Pierrot, quais foram exividos entre Julho e Setembro desse ano.

Mangá e Anime de Tokyo Ghoul tem seu Retorno Confirmado!

A história se passa em Tóquio, onde estão ocorrendo assassinatos estranhos. Devido a carência de provas, foi decidido que criaturas chamadas Ghouls são as responsáveis pelos crimes. Dois estudantes universitários, Kaneki e seu amigo Hide desenvolvem a teoria de que os Ghouls vivem escondidos entre os humanos, e por isso que eles nunca são vistos.

O que eles não imaginavam é que essa teoria era verdade. Kaneki conhece Rize Kamishiro, uma garota com os mesmos interesses em literatura.

Só que, durante um encontro, Rize revela que é um Ghoul e tenta matar Kaneki, até os dois sofrerem um acidente, onde Rize morre e Kaneki fica gravemente ferido, necessitando de uma transfusão de órgãos, nos quais foram utilizados os órgãos da Rize, o que traz terríveis consequências para Kaneki.

😒

Tags

    Compartilhar

    • Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Telegram
    Você precisa ativar seu JavaScript para acessar os comentários...
    Voltar ao topo