Pular o menu
 

J-Music ao Redor do Mundo

O filme musical de Wotakoi

:: 3 minutos de leitura

Uma pequena resenha de uma obra muito interessante para o público otaku.

HarikenAutor(a)

Olá, pessoas, Hariken aqui! Hoje trago um pouco sobre um live-action de um anime que eu gosto muito, com uma breve análise sobre os pontos fortes e fracos dessa adaptação, que normalmente tende a ser estranha, então venha entender agora!

Wotaku ni Koi wa Muzukashii é um mangá do(a) autor(a) Fujita e foi publicado inicialmente na plataforma Pixiv, uma comunidade online para artistas, e depois serializado pela Comic Pool em parceria com o Ichijinsha e a Pixiv. Ganhou uma certa popularidade após seu anime, que foi animado pelo estúdio A-1 pictures em 2018.

A trama traz as dificuldades dos otakus para se relacionarem com outras pessoas “normais” da sociedade. Vale lembrar que, no contexto japonês, temos uma cultura que tem aversão pelos otakus por os considerar um estilo repugnante de vida, um contexto bem diferente do que podemos ver no Brasil, por exemplo, onde o termo é utilizado de uma forma mais simples.

O anime

Sumika – Fiction

A popularidade de Wotakoi eu diria que é pela sua simplicidade: a obra não te traz um roteiro muito complicado, na verdade ele traz situações muito relatáveis a nossa vida cotidiana, o que eu acredito que é um chamativo para a obra. Ele não aborda o tema “otaku” de uma forma pesada, pelo contrário: é bem difícil de perceber o contexto geral do Japão assistindo a obra, por ela ser apenas um anime tranquilo e relaxante de se assistir.

Halca – Kimi no Tonari

Eu diria que o maior ponto forte da obra são seus personagens, que têm um carisma inexplicável. Eu diria que é o que torna a obra tão popular, sem todo o roteiro normalmente exigido em muitas animações. Wotakoi não é um anime grandioso: nem todos irão falar sobre ele ou recomendar, mas é uma obra que está no corações de muitos que assistiram, inclusive o meu.

O live-action “musical”

Trailer de Wotaku ni Koi wa Muzukashii

Vamos lá: o live-action de Wotakoi é no mínimo interessante: ele deixa a desejar em muitas coisas que irei comentar, mas no geral a performance dos atores é realmente muito boa, a caracterização é excelente, e a adaptação é boa em muitos momentos, mas tem suas falhas.

Vou dizer a maior falha já de começo: o maior problema do live-action de Wotakoi foi deixar dois dos personagens principais da obra como secundários, de uma forma adaptada em que eles realmente não chegam a ter peso na história, o que realmente me incomodou muito.

Os personagens Kabakura e Hanako são uma das duplas de destaque da obra, tanto que são considerados como principais. Na adaptação, acabou que realmente não tivemos um background de um dos casais mais adoráveis do mundo dos animes, o que acabou realmente deixando a desejar e trazendo um pouco para baixo essa adaptação live-action.

Wotakoi Liveaction – Opening dance song

Eu diria que o segundo maior problema dessa adaptação live-action é que é um filme musical, o que eu realmente não iria considerar um problema se eles não fossem tão frequentes no filme, o que torna um pouco maçante. Eu diria que temos uma seção importante para a história do filme e uma música, e assim fica o filme todo, com intervalos muito pequenos entre eles, o que realmente afunda um pouco o filme em si.

Conclusão

Vamos lá: Wotakoi é uma obra que eu realmente recomendo a todos assistirem; pode não ser uma obra com muita ação ou com roteiro complicado, mas ele realmente diverte com uma simplicidade que é de se assustar. Sobre o live-action, na verdade eu não recomendo, assista apenas se você gosta muito de Wotakoi e se é bem aberto as adaptações que ocorrem normalmente nos live actions de anime, vá com a expectativa baixa e aproveite um filme que é no mínimo divertido.

😒

Tags

Compartilhar

  • Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Telegram
Você precisa ativar seu JavaScript para acessar os comentários...
Voltar ao topo