Pular o menu
 

Dorama Love

Indicação de dorama: Tale of the Nine Tailed

:: 7 minutos de leitura

A história de um gumiho e uma mortal que, de acordo com o destino, nunca poderão ficar juntos!

TuziAutor(a)

Olá, gafanhotos! Tuzi de volta, desta vez com uma indicação de k-drama que estava ansiando por um tempo em trazer para vocês! Vamos conhecer um pouco sobre Tale of the Nine Tailed!

Tale of the Nine Tailed

Ainda sem um título oficial no Brasil, Tale of the Nine Tailed (Conto da Nove Caudas) é um k-drama da tvN que traz a premissa de ser uma fantasia urbana com elementos de mistério e um pouco de romance policial.

Ficha técnica

  • Títulos: Tale of the Nine Tailed; Gumihodyeon; 구미호뎐;
  • Gênero: romance; fantasia; sobrenatural; suspense; thriller; horror;
  • Episódios: 16
  • Transmitido: 7 de outubro de 2020 a 3 de dezembro de 2020 pela tvN. Disponível no Viki;
  • Elenco principal: Lee Dong-wook, Jo Bo-ah e Kim Bum.

Sinopse

Um antigo guardião da montanha, o gumiho Lee Yeon, está esperando a reencarnação de seu primeiro amor. Enquanto espera, ele passa seus dias caçando e condenando seus iguais à morte. Entretanto, o destino o leva a encontrar Nam Ji-ah, e os eventos causados por este encontro parecem um sinal de mau agouro, pois ele se vê outra vez no meio do caos de toda a tragédia que levou sua companheira embora.

Enredo

Assim como o aclamado dorama Goblin (Sseulsseulhago Chanlanhasin – Dokkaebi; tvN, 2017), Tale of the Nine Tailed aposta em uma trama de fantasia romântica que traz elementos da mitologia e folclore coreano.

Tal qual seu precursor, o enredo desenvolve um romance com a história se iniciando no passado e tendo sua resolução em tempos modernos; todavia, as semelhanças são poucas. O dorama entrega um pouco de ação, com cenas de luta bem coreografadas, assim como uma mistura romance policial, horror e mistério — com perseguição, investigação, plot twist e trocas de lado.

Tendo como personagem principal uma raposa de nove caudas homem e uma caçadora de mitos urbanos, o dorama às vezes passa uma sensação de “capítulos episódicos”, como em uma série. Além disso, pequenos mistérios são resolvidos como tramas laterais, e a maioria deles envolve algum ser mítico ou lenda urbana coreana.

A princípio, podemos pensar que não estão conectados com o plot principal, dando a sensação de que a história se perdeu ou tornou-se arrastada. Todavia, com o passar do tempo, vemos essas pequenas partes conectando-se ao caminho principal do dorama, resultando em um quebra-cabeça tanto para nós quanto para os personagens.

Imoogi: o vilão

🐇: Existe um! De verdade! Todavia, não posso contar, pois seria spoiler, já que neste doramaplot twist para todos os lados, e nada é exatamente o que parece!

Personagens principais

Lee Yeon

Sendo uma raposa de nove caudas, no caso um gumiho, Lee Yeon precisou se estabelecer na cidade há muitos séculos. Outrora um importante guardião natural, agora ele passa seu tempo imortal caçando seres sobrenaturais que ameaçam o mundo comum. Seu verdadeiro objetivo é encontrar a reencarnação de seu primeiro amor perdido.

Lee Dong-wook nos fez muito feliz em seu papel como ceifador em Goblin. Agora, com o papel principal em Tale of the Nine Tailed, ele nos cativa ainda mais. Atuando como Lee Yeon, Dong-wook consegue passar a personalidade e características de seu personagem sem apelar para maneirismos clichês.

Acaba sendo divertido e frustrante (no bom sentido) ver suas conclusões e avanços durante a trama, pois, diferente do que muitas vezes somos apresentados, Lee Yeon, apesar de ser sido considerado quase um deus, não é perfeito, e seus tropeços durante a história o fazem crescer.

Contudo, obviamente, ele mais acerta do que erra e faz questão de deixar isso claro de forma arrogante, como o orgulhoso gumiho que é.

Nam Ji-ah

Nossa protagonista é uma talentosa produtora de televisão que trabalha em um programa que apresenta mitos urbanos. Quando criança, seus pais se envolveram em um misterioso acidente de carro e desapareceram; agora adulta, ela suspeita que Lee Yeon pode estar conectado com este acidente.

Teimosa e determinada, sem ser forçadamente chata, Nam Ji-ah, interpretada pela atriz Jo Bo-ah, não segue o clichê de se apaixonar imediatamente pelo protagonista. Sua determinação está investida em descobrir e expor mitos urbanos, enquanto procura pelo paradeiro dos pais desaparecidos. Ela não é descrente do mundo sobrenatural, ao mesmo tempo que também não é obcecada por ele.

Conforme a trama avança, podemos acompanhar o desenvolvimento amoroso entre Lee Yeon e ela, o qual se inicia com um acordo, então amizade baseada em confiança, para evoluir de alguma forma em romance. Talvez se torne um pouco borrado ou até mesmo corrido para algumas opiniões, pois muito do foco dos oito primeiros capítulos está na investigação e perseguição dos mistérios apresentados.

Lee Rang

O meio-irmão de Lee Yeon é o cativante Lee Rang, que, apesar de ser meio-humano, nutre um profundo desprezo por todas as pessoas. Trazendo uma grande mágoa em relação ao meio irmão, Rang sempre tenta de alguma forma atrapalhar a vida do mais velho, sendo até mesmo capaz de brincar com o destino para chamar sua atenção.

Rang é aquele que inicialmente faz metade do enredo mover-se direta e indiretamente. Talvez não tão ciente do que suas ações poderiam causar, mesmo que a princípio ele queira de alguma forma prejudicar o meio-irmão, Lee Rang consegue capturar a atenção do espectador, principalmente quando percebemos que ele não é o que parece ser. Aqui Kim Bum conseguiu dar vida a um personagem controverso e cativante.

🐇: Infelizmente esta coelha decidiu não falar muito sobre este personagem, visto que ela tem uma grande queda por ele, além de que seria spoiler.

Personagens secundários

Tendo alguns núcleos secundários, a trama consegue desenvolvê-los, sem tomar tempo de tela do casal principal, ao mesmo tempo que não parece apenas deixá-los existir sem um propósito. Sendo assim, todos são como uma peça chave para algum momento nas tramas laterais, assim como no enredo principal.

O núcleo ao lado de Lee Yeon divide-se entre:

  • Gu Shin-jo: um gumiho veterinário dedicado à amizade entre ele e Yeon;
  • o casal que guarda as portas do submundo: a vovó Taluipa, irmã mais nova do Rei Yeomra (governante supremo do submundo da mitologia sul-coreana, também traduzido as vezes como Hades) e Hyun Eui-ong, o guardião do rio Samdo (rio que leva as almas para o submundo).

Ao lado de Nam Ji-ah temos:

  • seus colegas de trabalho na estação de TV e do programa;
  • seus pais desaparecidos.

Com Lee Rang acompanhamos:

  • Ki Yoo-ri, sua fiel escudeira, uma jovem gumiho que foi salva por Rang, desde então dedicando-se a servi-lo e, por conta disso, envolvendo-se em todas as armações dele;
  • Kwon Hae-ryong, com quem Lee Rang tem um pacto de promessa.

Considerações gerais e opiniões da coelha

O dorama em si tem uma boa direção, fotografia, elenco e um roteiro satisfatório; talvez um pouco arrastado em algumas partes, mas entrega uma história fechada e sem pontas soltas.

Tanto os personagens principais quanto os secundários conseguem nos conquistar. Mesmo com diferentes níveis de atuação, ainda conseguimos mergulhar na história proposta sem nos sentir incomodados.

A apresentação de mitos e folclore dentro da trama, assim como suas aparições, vão divertir e chamar a atenção daqueles que, assim como esta coelha, gostam desse tema. Há um cuidado muito grande da produção em explicar, dentro do cenário e roteiro, o que são esses seres míticos, ainda mais quando podemos perceber que há um grande respeito pela própria cultura e mitologia sul-coreana.

Ademais, Tale of the Nine Tailed é um dorama para aqueles que gostam de fantasia em um ambiente moderno com um pouco de ação e investigação com romance sendo o carro chefe, com uma dose satisfatória de drama.

Mesmo com alguns tropeços, este se tornou um dos k-dramas favoritos desta coelha! Espero que tenham gostado e, caso tenham oportunidade de assistir, eu indico!

Agora fico por aqui, jovens gafanhotos! Por ora, aventurem-se pelas outras matérias do site, e não se esqueçam de acompanhar a programação da Rádio J-Hero! Esta que é sempre do seu jeito, do seu gosto!

😒
Voltar ao topo