Arquivo JH

Rock no Japão – Saiba Algumas Curiosidades de Gackt

:: um minuto de leitura

Fique sabendo um pouco mais sobre esse superstar nipônico, só aqui na Rádio J-hero!

Rock no Japão - Saiba Algumas Curiosidades de Gackt
 

Gackt deixou o Malice Mizer e seu visual kei para trabalhar em uma das mais bem sucedidas carreiras solo de cantores masculinos do Japão. Oscilando entre o pop e rock com suas baladas de piano ou guitarras pesadas de baixa afinação, a música envolvente e as apresentações impressionantes de Gackt criaram um ar divino em torno do ídolo que virou também galã de filmes, de novelas, videogames, comerciais…
 

Com suas habilidades e auto-promoções invejáveis a qualquer outro, o astro gosta de contar detalhes "curiosos" sobre si, como ser paranormal e ter nascido em 1540. Mas Gackt pode porque compensa entendendo muito de música. Ele toca piano, guitarra, baixo, bateria, trompete, tuba, trombone, entre outros instrumentos, incluindo alguns da tradicionais japoneses.
 

Gackt Camui, nome verdadeiro Okabe Satoru, Nascido em Okinawa, Japão, 4 de julho de 1973 (sim foi divulgado só muitos anos depois ao público) com 1,80 de altura e tipo sanguineo A.
 

Auto Biografia 
 

Na biografia Gackt se declara um Velho Vampiro de 466 anos e tem habiidades espirituais depois de se afogar quando tinha 7 anos. Gackt tem os olhos e ouvidos muito sensíveis. Ele diz que muita illuminação feri os olhos dele e o som o aborrece, assim ele mantém sua casa iluminada com velas.
 

Um fato contado por Hyde de L'arc~En~Ciel é que quando ele foi na casa do Gackt para ler o script para "Moon child" (O Gackt escreveu e eles estrelaram juntos no filme), a casa era tão escura que ele teve que usar um isqueiro dele para ler o script e quase pôs fogo na casa. 
 

Isso é só um pouco, tem muitas coisas curiosas sobre esse cantor que segue sua carreira até os dias atuais.
 

Tags

    Compartilhar

    • Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Telegram
    Você precisa ativar seu JavaScript para acessar os comentários...
    Voltar ao topo