Pular o menu
 

My J-Hero Academia

AnoHana: Segundas chances são possíveis?

:: 2 minutos de leitura

Preparem seus lencinhos e vamos relembrar essa obra!

VickyAutor(a)

Olá, pessoal! Hoje eu estou aqui para falar de um anime antigo, emocionante e que trás muitas reflexões! Preparem seus lencinhos e vamos relembrar um pouco de Ano Hi Mita Hana no Namae o Bokutachi wa Mada Shiranai, que, traduzindo, significa “Nós ainda não sabemos o nome da flor que vimos naquele dia”; mais conhecido simplesmente como AnoHana.

AnoHana é uma animação de 2011 produzida pela A-1 Pictures para a temporada de primavera e que conta com 11 episódios. Tendo atingido resultados satisfatórios no My Anime List, figura no 38º lugar em popularidade para seu gênero que abrange drama, romance, sobrenatural e slice of life, contendo uma animação acima do esperado com roteiro e direção de Tatsuyuki Nagai e Mari Okada respectivamente.

Sinopse

Um grupo de seis amigos de infância se separam após um deles, Meiko “Menma” Honma, morrer em um acidente. Dez anos seguintes a esta tragédia, o líder do grupo, Jinta Yadomi, isola-se da sociedade e vive recluso. Em um dia de verão, porém, Menma aparece para Jinta, com uma aparência mais velha, pedindo-lhe ajuda para realizar seu desejo. Ela acredita que precisa realizá-lo para cumprir seu destino e seguir em frente. Só que Menma não lembra qual era seu desejo.

Todos os episódios trazem consigo uma grande carga emotiva, que nos permite conhecer os traumas dos personagens, especialmente o sentimento de culpa, que é a comum a todos. Em AnoHana, a Menma materializa na figura de uma flor — hana — um espírito de pureza, franqueza, perdão e aceitação. É um anime sobre amizade e sermos empáticos, que nos faz sorrir, chorar e refletir sobre como lidamos com as coisas que nos acontecem.

AnoHana tem gatilhos, principalmente relacionados a perda. Minha recomendação é que, caso esteja vivenciando uma situação desse tipo ou algo que passou, não assista se for te causar desconforto. Acredito que o anime trabalhe muito o caminho da redenção, da possibilidade de se dar segundas chances, a importância de conversar, de você desabafar e dizer aquilo que te incomoda.

Já diria Alvo Dumbledore, personagem de Harry Potter: “Palavras são, na minha humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia. Capazes de formar grandes sofrimentos e também de remediá-los”. É isso que a obra propõe: a remediação por meio do diálogo!

Para finalizar, deixo com vocês essa ending maravilhosa!

Gostou do nosso texto? Se sim, deixa um comentário. Se não, no que podemos melhorar? Sugestões de pautas e melhorias para o site podem ser enviadas para nosso e-mail: contato@radiojhero.com.

😒
Voltar ao topo