Pular o menu
 

J-Music ao Redor do Mundo

As danças festivas: brasileira e japonesa

:: 2 minutos de leitura

Conheça um pouco das peculiaridades das danças festivas.

HarikenAutor(a)

Olá, pessoas! Hariken aqui novamente e hoje trazendo uma postagem especial para o evento de festa junina aqui da rádio! Vou trazer um pouco das danças festivas do Brasil e do Japão e um pouco das suas peculiaridades, então vem dar uma conferida!

No Japão, temos diversos tipos de festivais, mas elas não são uma versão da festa junina deles. No entanto, temos algumas similaridades dentro das comemorações assim como a dança e comidas típicas, e hoje irei falar um pouco sobre as danças festivas tanto brasileira como japonesa.

Quadrilha

A quadrilha é a dança típica das festas juninas e é carregada de referências caipiras e matutas. Sua origem vem de Paris com o nome quadrille, no século XVIII, e era uma dança de salão composta por quatro casais.

A quadrilha era um estilo de dança muito popular pela elite europeia da época e veio para o Brasil durante o período de regência, onde era a febre do ambiente aristocrático.

No Brasil, ela voltou a ser praticada em suas variações juninas, nos bailes comemorativos aos santos do mês de junho (São Pedro, São João e Santo Antônio) realizados em cidades como Rio de Janeiro, Salvador, Fortaleza e Recife a partir da década de 1990.

Um dos resquícios franceses na dança são os comandos proferidos pelo marcador da quadrilha. Escolhido, geralmente, entre os mais experientes do grupo, seu papel é anunciar os próximos passos da coreografia.

Bon Odori

O Bon Odori é uma dança tradicional dos festivais Obon, que seria como se fosse uma comemoração de Dia dos Finados, em que há a crença de os espíritos saírem pela noite. Então, há a necessidade de festejar pela honra de seus antepassados.

O Bon Odori, que é a dança festiva, é uma tradição que já existe há mais de 500 anos. É uma dança criada para dar boas vindas aos espíritos e que varia de região para região, e também sua música. Para cada região, esses costumes são chamados por nomes diferentes, mas seu significado continua sendo o mesmo.

Apesar de análogo ao Dia dos Finados, durante o Bon são tocadas músicas tradicionais alegres e, sobretudo, predomina um clima de jovialidade, gratidão e participação geral. Atualmente, seu fator de entretenimento, assim como a quadrilha na festa junina, se tornou mais forte fazendo que suas tradições se desviem um pouco de sua origem religiosa e acabem sendo utilizadas em outros tipos de eventos.

Devido a ser realizado principalmente no mês de agosto, para as crianças locais este é um dos grandes eventos das suas férias de verão.

Considerações Finais

Acredito que a dança é um meio de se expressar de uma forma alternativa, mesmo sendo para comemorar aos santos ou receber os espíritos de nossos ancestrais. A alegria, a movimentação, o ritmo e até mesmo o som são tributos para demonstrar do nosso mundo humano que somos felizes, e acredito que essa seja a maior similaridade entre essas danças festivas, que, mesmo tão diferentes, parecem ter um mesmo significado.

😒
Voltar ao topo