• grupo radiojhero no facebook
  • Anúncio Neko Seville

NOSTALGIA - GRANDES PRODUÇÕES DA GERAÇÃO MANCHETE

Data: Quarta-Feira, 7 de Junho de 2017 - 13:48h Autor: TsukasaKun comentários

geração manchete

Fala pessoal, tudo bem com vocês? 

Olha, não levem pelo lado pessoal o que vou falar aqui, mas quem é da geração Power Ranger nunca vai saber realmente o que foi a Geração Manchete. A sensação de ver um tokusatsu japonês sendo exibido na TV aberta do Brasil em uma época onde não se tinha a Internet e a predominância era mesmo a TV. Lembro que fazíamos o impossível para não perdermos nenhum episódio de nossas séries preferidas. E o famoso "melhoroooouuu...." que gritávamos ao girarmos as antenas a procura de uma sintonia perfeita... eita anos incríveis, hehehe. E quando faltava luz então? Ficávamos chateados o resto do dia por perdermos aquele episódio tão esperado. Se você viveu aquela época, esta matéria é pra você. Por isso sem mais demoras, vamos começar nossa viagem e relembrar algumas das produções inesquecíveis dessa época maravilhosa. A Geraçao Manchete...

 

SUPER CAMPEÕES

super campeões na TV Manchete

Voce se lembra desse? Protagonizado por Tsubasa, o anime mostrava uma equipe de futebol que disputava campeonatos locais e misturava as partidas com dramas escolares. Os chutes e as corridas dos atletas eram retratadas aqui como superpoderes, com força descomunal e uma velocidade realmente fora do comum. Por aqui o seu sucesso veio em 1994, aproveitando claro a paixão nacional que é o futebol, compartilhada pelo brasileiro.

O anime, que no Japão tem o nome de Captain Tsubasa, servia para promover o desporto no Japão e por isso recebeu apoio da Associaçao Japonesa de Futebol durante todo o seu desenvolvimento. A série ficou famosa no país e levantou o moral da seleção japonesa, que na época estava desiludida com o esporte.

Por aqui, Super Campeões foi transmitida primeiramente pela saudosa Rede Manchete e posteriormente reprisada em 2003 pela Rede TV, quando ainda apresentava vestígios da Manchete (hehe). E em 2003 foram lançados 2 DVDs que foram relançados em 2006.

 

SHURATO

shurato na TV Manchete

Este anime é baseado no mangá de Hiroshi Kawamoto e adaptado para anime pela Tatsunoko Productions. Tanto o anime quanto o mangá seguem as tentativas dos deuses de Asura em dominar o Mundo Celestial. Shurato, personagem principal da trama, é trazido para o campo de batalha e se torna um membro essencial dos Oito Guardiões do Povo de Deva e luta para resgatar a deusa Vishu. Asura é representado por Indra, cujos subordinados enfrentam Shurato e seus companheiros em diversas ocasiões.

Shurato fez muito sucesso em terras nipônicas, considerados por alguns como sendo um “clone” dos Cavaleiros do Zodíaco, ele foi sim a ultima série de animes envolvendo armaduras e mitologia, chamado por alguns de sub-gênero “spirit”. No entanto é tido como um dos precursores do henshin e como a maior inspiração para Guerreiras Magicas de Rayearth, cujas criadoras eram fãs da série.

Por aqui (Brasil), o anime não fez aquele sucesso estrondoso, mas ganhou sim uma certa notoriedade, sendo o único entre os animes que estrearam na Rede Manchete na época, a manter a audiência do canal. Ganhou uma vasta linha de brinquedos e foi reprisado até 1999, ainda que esquecido pelo público devido a curta duração.

Shurato voltou a ser exibido pela RedeTV!, mas durou pouco uma vez que a mesma não pagou pelos direitos de exibição.

 

YU YU HAKUSHO

Yu Yu Hakusho na TV Manchete

Yusuke, o detetive sobrenatural, e o principal personagem desse anime, um dos mais populares e adorados pelos brasileiros. A abertura marcou época, seus coadjuvantes foram inesquecíveis e toda a trama em volta de Yusuke e Cia realmente dá uma saudade imensa até os dias de hoje. Um anime atemporal sem sombra de dúvidas.

A adaptação do anime foi dirigida por ninguém menos do que Noriyuki Abe e co-produzida pela Fuji Television, Yomiko Advertising, e pelo estúdio Pierrot. A série é composta de 112 episódios e foi exibida de 10 de outubro de 1992 a 7 de janeiro de 1995 pela TV Fuji.

Por aqui, o anime estreou no dia 17 de março de 1997, pela Rede Manchete e permaneceu na programação do canal até a sua extinção. E quase cinco anos depois de sua estreia no Japão, fomos o primeiro país no Ocidente a exibir o anime.

E ainda no Brasil, em 2005 a distribuidora PlayArte lançou uma coletânea de 30 volumes em DVD contendo todos os episódios da série.

 

BLACK KAMEN RIDER

black kamem rider na Tv Machete

Pessoal, este é apenas um dos vários Tokusatsus que a Manchete trouxe para o Brasil. A série mostra Issamu Minami, portador da King Stone que é capaz de se transformar no Kamem Rider para combater os planos malignos dos Gorgom.

Kamen Rider Black foi lançado no Brasil com o nome de Black Kamen Rider e Blackman, produzida pela Toei Company em associação com a Ishinomori Productions, sendo exibida originalmente entre 4 de outubro de 1987 ate 9 de outubro de 1988 pela TBS. Foi a primeira série da franquia a ser transmitida no Brasil, exibida pela Rede Manchete, como sempre, a partir de 1991 no bloco Sessão Super Heróis, obtendo um enorme sucesso e popularidade. Kamen Rider Black continuou sendo exibido até dezembro de 1994, além de ter sido lançada em VHS.

No Japão a série marcou o retorno das produções que estavam paradas a um tempo (6 anos). E a segunda série da franquia Kamen Rider a ter uma continuação direta, intitulada Kamen Rider Black RX, única com o foco no mesmo protagonista até os dias de hoje.

A temática adulta e dramática da série, contrastante com as demais do mesmo gênero da época, foi e continua sendo até os dias de hoje, elogiada por muitos fãs, sendo por muitos considerada uma das melhores produções da franquia e do gênero Tokusatsu já produzidas no Japão.

 

KAMEN RIDER BLACK RX

blaxk kamen rider rx

No dia 24 de julho de 1995 estreava por aqui o que seria o último tokusatsu na década de 90. Kamen Rider Black RX. (1988-89) sendo uma sequência direta de Kamen Rider Black foi exibido inicialmente todas às segundas, quartas e sextas, em revezamento com Solbrain, sempre as 9h30 no programa Dudalegria e 17h35 na Sessão Super-Herois. Black RX ficou no ar até o final de 1997, quando estreou em dezembro o extinto canal pago infanto-juvenil Fox Kids e sua adaptação americana intitulada originalmente como Saban’s Masked Rider. Ainda durante seus últimos meses de exibição por aqui, pudemos ver a primeira aparição de sua contraparte num arco formado nos primeiros três episódios da terceira temporada de Mighty Morphin Power Rangers, exibido numa manhã de domingo na Globo. Um tremendo baque para todos que assistiam a última saga televisiva de Issamu Minami. O último horário de RX na Manchete acontecia as oito da noite, competindo com a novela Chiquititas, do SBT.

 

JIBAN, O POLICIAL DE AÇO

jiban na TV Manchete

Essa foi a única série de tokusatsu que estreou no Brasil ainda com exibição no Japão aqui no Brasil. Jiban, o Policial de Aço (Kidou Keiji Jiban – 1989-90) foi lançado pela Top Tape, com exibição diária pela Rede Manchete, exatamente seis dias antes do episódio final, pela emissora japonesa TV Asahi. Jiban ficou no ar até o final do ano seguinte e jamais teve seus dois últimos episódios exibidos e nunca mais voltou de maneira oficial a TV brasileira.

Para nossa alegria, a Focus Filmes lançou a série completa em DVD no ano de 2011 e os tais finais ganharam uma dublagem atual até então, reunindo grande parte do elenco original. O saudoso e inigualável dublador Carlos Laranjeira foi substituido por Figueira Jr., conhecido como o Androide 17 de Dragon Ball Z e GT e Fry de Futurama. No dia 14 de julho de 2015, Jiban perde o posto de série japonesa de Tokusatsu que veio mais rápido no Brasil. Quem superou isso foi a série Ultraman X.

 

CHAMGEMAN

changeman

O Esquadrão Relâmpago Changeman entra aqui na categoria dos Super Sentai e foi um dos primeiros a explodir de sucesso no Brasil. Formado por cinco integrantes, o grupo combatia o mal na Terra de diversas ameaças do Gozma. A abertura, outra vez, mesmo sendo cantada em japonês, ainda é relembrada em muitos karaokês frequentados por fãs da Rede Manchete.

Dengeki Sentai Changeman (Esquadrão Relâmpago Changeman) foi produzida pela Toei Company e originalmente exibida pela TV Asahi entre 2 de fevereiro de 1985 e 22 de fevereiro de 1986, sucedendo Bioman e antecedendo Flashman.

Fez um enorme sucesso em seu país de origem e no Brasil onde foi exibido a partir de 1988 pela extinta Rede Manchete ate meados de 1994 e a partir do mesmo ano pela Rede Record e mais tarde pela CNT/Gazeta. A série completa foi lançada em VHS pela TV Manchete. Também foi exibida pela Rede Brasil.

 

O FANTÁSTICO JASPION

jaspion

Este não poderia faltar aqui na nossa sessão nostálgica não é mesmo? O Fantástico Jaspion foi transmitido no Brasil pela Rede Manchete a partir de 1988 até meados de 1994. Já entre agosto de 1994 até dezembro de 1995, foi exibido pela Rede Record, continuando a manter ótimos índices de audiência. Posteriormente, em 1997, foi transmitida pela CNT/Gazeta. Ficou fora da TV brasileira até 2009, quando começou a ser exibida pela ULBRA TV.

O Fantástico Jaspion obteve um sucesso até então inédito por outras produções do gênero exibidas (tais como National Kid e Ultraman), desencadeando uma verdadeira febre épica e jamais vista pelo gênero de super heróis japoneses no país e abrindo as portas para a importação de novas séries do gênero tokusatsu. Em razão desta gigantesca popularidade, o personagem-titulo tornou-se o protótipo do herói japonês no país, imagem que se mantém até hoje.

Hoje temos a série completa lançada no Brasil em DVD pela Focus Filmes em 2009.

 

OS CAVALEIROS DO ZODÍACO

cdz lenda!!!!!!!!!!!

Este foi o primeiro anime japonês a realmente fazer um sucesso estrondoso no Brasil. E o faz com maestria até os dias de hoje. Chegou em nosso país em 1994 através das telas da Rede Manchete e só foi interrompido no dia 12 de dezembro de 1997. E claro, voltou a ser exibido novamente no dia 1º de janeiro de 1998, sendo suspensa no final do mesmo ano durante a crise pela qual passava a emissora.

Este anime foi responsável pelo retorno da Manchete aos grandes sucessos da molecada da época (eu inclusive) que não desgrudava da telinha para ver os episódios deste anime simplesmente épico.

"Os Cavaleiros" viraram logo mania nacional e durante os dois primeiros anos de exibição manteve a audiência nas alturas. Foi este anime o responsável pela vinda de diversos outros como Samurai Warriors, Sailor Moon, YuYu Hakusho e Super Campeões.

 

JIRAYA, O INCRÍVEL NINJA

jiraya

Quem não se lembra da musiquinha né?

Nós queremos um herói pra nos defender, e que busque a força dentro do seu coração. Acreditamos em uma nova era, em que o poder do amor vai sempre existir. Ele vive a emoção e luta pela vida, acredita que o bem vai dominar. Jiraya, vive o momento, Jiraya e a nossa proteção. Assim é o ninja Jiraya!”

Jiraya, o Incrível Ninja foi uma das séries de maios sucesso da Rede Manchete e dispensa comentários. Voltaria a mesma emissora no dia 7 de dezembro de 1998, as 19h15, fazendo companhia com Maskman e os animes Shurato e YuYu Hakusho e juntos passaram na RedeTV! Até o dia 10 de novembro de 1999. Foi um sucesso tremendo e é lembrado até os dias de hoje com muito carinho pelos fãs.

 

SAILOR MOON

sailor moon

E finalizo esta minha lista de recordações da Geração Manchete com este anime que chegou por aqui depois do sucesso estrondoso dos Cavaleiros do Zodíaco. Estreou na Manchete do dia 05 de maio de 1996. A emissora na época adquiriu mais três series do gênero anime para compor o pacote de novidades comemorativos aos seus 13 anos de criação (falo da Rede Manchete). As outras duas foram Shurato e Samurai Warriors, que estrearam na mesma época.

A serie foi exibida em dois horários: 8h30 e reprisada as 17h30. Formava juntamente com Samurai Warriors, Shurato e Os Cavaleiros do Zodíaco, a faixa de animes da emissora com duração total de 3 horas diárias em cada turno.

A Manchete exibiu no entanto somente a primeira temporada, que terminou em 1997. A audiência era satisfatória, mas a emissora acreditava que conseguiria maior repercussão com programas infantis de produção nacional, como o Clube do Seu Boneco e A vila do Tiririca. Como é tradição no Japão, a versão animada segue as linhas gerais do mangá, sendo do mesmo gênero e apresentando poucas personagens diferentes. Possui 200 episódios distribuídos em cinco fases: Sailor Moon, que compreende os primeiros 46 episódios, Sailor Moon R ("Return"), do episódio 47 ao 89, Sailor Moon S (Super), os episódios 90 a 127, Sailor Moon SuperS (Super Senshi), os episódios 128 a 166 e Sailor Moon Stars que compreende os capítulos 167 a 200. Foi produzido pela Toei Animation, a mesma dos Cavaleiros do Zodíaco e Dragon Ball.

E é isso pessoal. Fico por aqui com mais esta matéria nostálgica que me fez recordar muita coisa especial da Geração Manchete. Ate nosso próximo encontro.

Qual o melhor filme de animê de lançado em 2017
SAO: Ordinal Scale
No Game No Life Zero
Pokémon 20: I Choose You!
Lupin the Tird
Ver resultado

31 votos até o momento.

One Piece - Hope (Namie Amuro) Video: One Piece - Hope (Namie Amuro)
TOP - PARCEIROS:

Seja Parceiro! Otaku Store Dragon Ball Limit-F Camiseta da J-Hero Heróis no Papel

+ Parceiros:

Super Onze Downloads AniMangaPROFILE Pingo no Baka Dragon Ball Z Sem Limite Otaku World XD SuperScan Notícias Ani-Hongo Otaku na Rede Dublagem Brasileira OtakuBR - Mangás Animes Torrents Oruske Downloads MangáMania Blog do Gusta Dragon Ball Z Fanson Animes Darker Hyrule Legends - Zelda.com.br Animes Fan Down Geek Project Nostalgia Jogos Online

Clique aqui para ver a lista completa