• grupo radiojhero no facebook
  • Anúncio Neko Seville

Jukebox Anime Season - Autumn 2017 (Parte 01)

Data: Quarta-Feira, 18 de Outubro de 2017 - 10:21h Autor: Saylon Kaguya comentários

jukebox anime season autunm 2017

Muita coisa boa chegou com esse outono japonês e no quesito animesong isso é um fato concreto. O nosso Jukebox Anime Season - Autumn 2017 destaca as primeiras quatro canções que chamaram a nossa atenção. Nessa primeira parte temos ZAQ, JUNNA, Unison Square Garden e Namie Amuro.

Todas com toda certeza trazendo o clima da estação da mudança com versos fortes e arranjos elaborados, contudo algumas acabaram desagradando esse que vos escreve. Vamos ver se isso se repete com você ou se o sentimento é contrário!

 

1. Here by JUNNA (Mahoutsukai no Yome)

A canção de abertura do aguardado Mahoutsukai no Yome é sem dúvida uma das surpresas da temporada por se tratar de uma canção de desabafo muito marcada pela melodia castelhana reforçada pelos violões e as castanholas. A letra de Here também acentua parte da personalidade de Chise, a protagonista, que sempre se sentiu amaldiçoada e agora tem a chance de enxergar o lado bom da vida ao se sentir amada pela primeira vez. Mas isso custará a ela muito desconforto e drama nos primeiros momentos. JUNNA, a interpréte deixa isso claro em uma das frases onde diz "eu quero acreditar, mas ainda não posso acreditar".

Por falar em JUNNA... Gente que vozeirão hein! A menina de 16 anos nos encantou com sua presença de microfone e só nos resta parabenizar a ela e a Flying Dog - gravadora responsável por sua carreira -. Essa japonesa é na verdade o atual exemplo de fenômeno juvenil da indústria do manganime.

JUNNA debutou como cantora-dubladora em 2015 com o animê Macross Deta. Sua voz foi imprestada para os vocais da personagem Mikuno Guynemer, que no animê era a volcalista do grupo Walküre. Na ocasião JUNNA cantou o single "Ikenai Bordeline" que foi lançado em dezembro daquele ano. À época ela tinha apenas 14 anos de idade (seu aniversário é no dia 02 de novembro) e isso tornou-a a mais jovem artista a debutar na franquia Macross em 34 anos de história.

Sua primeira opening de animê foi seu primeiro projeto fora de Macross e só posso dizer que ela mandou bem. Here é aquela canção que você espera para uma animação shoujo de carga emocional forte como Mahoutsukai no Yome. o animê terá 24 epsiódios e se extenderá até a Winter Season 2018.

Vamos conferir a versão TV Size e uma MV short. version de Here by JUNNA:

 

2. Invisible Sensation by Unison Square Garden (Ballroom to Yokoso)

Animê que me consquistou na temporada passada, Ballroom to Yokoso seguiu para o segundo cour da animação adaptando um novo arco e introduzindo novos personagens e conflitos. Entre essas novas personagens está Chisato, a parceira de dança de Tatara. Um verdadeira tsundere ela é aquela figura que ainda não sabemos se devemos odiar ou amar. Os adversários também já começam a aparecer e isso torna ainda mais emocionante ver a evolução do protagonista neste esporte tão bonito e dramático que a Dança de Salão.

Sobre a música de abertura... Os meninos da Unison Square Garden voltam a cantar a opening da animação. Após o sucesso de 10% roll, 10% romance eles apresentam Invisible Sensation um pop rock chiclete que contagia. As referências do clipe do animê também tornam tudo mais gostoso. 

Ainda sobre o animê não posso falar muito, pois não acompanho o mangá (ainda!), mas chego a pensar se o relacionamento de parceria pode evoluir para algo mais entre Tatara e Chisato. Eu espero que sim!!!

Confira a TV Size de Invisible Sensation by Unison Square Garden:

 

3. BRAVER by Zaq (Shokugeki no Souma - San no Sara)

A mais aguardada de 2017, a terceira temporada de Shokugeki no Souma chegou com tudo e levando os fãs do shonnen mangá a loucura. Retomando de um dos pontos mais emocionantes da narrativa - a aparição oficial de todos os membros da Elite dos Dez - Shokugeki no Souma já cativa pelo grande número de personagens e personalidades presentes e para quem já leu o mangá como eu deve saber que muita coisa vai acontecer.

Eu sou um fã incondicional dos alunos da Academia Tootsuki de Culinária e Cerimônia do Chá, mas tenho que dizer que me frustei com essa canção de abertura. Por alguma razão que não sei explicar eu não consigo simpatizar com a Zaq, cantora do tema. A voz dela não me passa uma sensação de alegria. Para não dizer que é implicância de agora vou só citar que isso vem desde "Gekijou-ron" segundo tema de abertura em High School DxD New em 2013.

Está certo que nenhum cantor é obrigado a sair do estilo musical que trabalha, sua zona de conforto etc. Mas se em quatro anos Zaq não conseguiu trazer novas roupagens ao seu pop/synthpop isso faz com que qualquer um não sinta atração por suas músicas. A cantora recentemente havia interpretado o tema de abertura Castle Room em YokoJitsu que, para o bem ou para o mal, havia fugido um pouco do seu estilo mais comum de pop e mesmo assim não foi uma canção sucesso.

Shokugeki no Souma já foi servido (olha o trocadilho!) de três ótimas openings: Kibou no Uta by Ultra Tower e Rising Rainbow by Misokkaku na primeira temporada, e Rough Diamonds by SCREEN mode na segunda teporada. Sinto que BRAVER - embora não seja uma canção ruim - deixa a desejar para o que Shokugeki no Souma representa. Enfim, essa é uma opinião particular.

Confira o TV Size de BRAVER by Zaq:

 

4. Hope by Namie Amuro (One Piece)

Encerrando nossa primeira parte da matéria o destaque fica por conta de um dos melhores sons de 2017. Sim, a musa do J-pop volta a cantar um tema para One Piece após Fight Together e nos comove durante um dos arcos mais emocionantes da narrativa de Eiichiro Oda marcando o confronto entre os nakamas Luffy e Sanji.

Hope é também uma homenagem da TOEI Animation à essa estrela da música pop japonesa que completou 25 anos de carreira em 2017. A canção é provavelmente o último single para um animê a ser interpretado pela Rainha do J-pop que já anunciou fim de carreira para 16 de setembro de 2018, data em que realiza o lançamento de seu último álbum e encerra sua turnê de despedida.

Se ela vai mesmo encerrar carreira ou não ninguém pode afirmar, pois o show business sempre acaba fazendo os artistas interromperem suas aposentadorias, mas que ela deixa um legado musical inigualável isso é fato. Não sei também se é só impressão minha, mas em Hope é possível notar que Namie Amuro procurou deixar todas suas facetas musicais que vão desde o hip hop, o pop e o R&B para marcar com grande estilo uma outra obra de grande destaque. A canção em si só é muito bonita e fica ainda mais emocionante com o clipe da animação e me arrisco a dizer que é a melhor desde o Time Skip.

Curta o TV Size de Hope by Namie Amuro:

 

E vamos ficando por aqui! Na próxima matéria temos mais canções desse outono japonês com destaque para a LiSA, que roubou a cena em Fate/ Apocrypha dando um novo ar para o animê. Também destacaremos algumas canções que chamaram a atenção mesmo estando em animês não tão destaque assim.

Até a próxima e... Sayonara!

Qual o melhor filme de animê de lançado em 2017
SAO: Ordinal Scale
No Game No Life Zero
Pokémon 20: I Choose You!
Digimon Tri - OVA 05
Ver resultado

75 votos até o momento.

LiSA - Catch the Moment Video: LiSA - Catch the Moment
TOP - PARCEIROS:

Seja Parceiro! Otaku Store Dragon Ball Limit-F Camiseta da J-Hero

+ Parceiros:

SuperScan Clã Dragão Branco Otaku na Rede Esquadrão Lunático Dragon Ball Z Sem Limite Animes Torrents Otaku Nyan Scan Otaku World XD BANZAI ANIMES SPLATOONBRASIL Anime Valkiria Tokyo Ghoul Project Rede Tsuzuku AniMangaPROFILE Animes Fan Down Animes Darker Nintendista Oficial Notícias Ani-Hongo Oruske Downloads Amefuri Blog

Clique aqui para ver a lista completa