• grupo radiojhero no facebook
  • chat

ESPECIAL: animes onde a Música Clássica se faz presente - Parte 02

Data: Domingo, 31 de Janeiro de 2016 - 17:57h Autor: Saylon Kaguya comentários

ESPECIAL: Animes onde a Música Clássica se faz presente - PARTE 02

Animes onde a Música Clássica se faz presente - PARTE 02

Yo!

Otaku JukeBox de volta! Vamos dar sequência a nossa matéria com a PARTE 02 de “Animes onde a Música Clássica se faz presente”. Na primeira parte da matéria nós introduzimos um pouco sobre a relação Japão x Música Clássica destacando alguns pontos importantes. Logo em seguida nós começamos a ver em quais animes a nossa pesquisa encontrou esta intimidade entre as duas mídias. O primeiro anime da lista foi Shigatsu wa Kimi no Uso, que tem toda a narrativa girando nesse universo.

Mas antes...

================================================================================================

ERRATA

Na matéria “Animes onde a Música Clássica se faz presente – PARTE 01”, veiculada em nossa coluna na semana passada cometemos alguns erros em informações importantes e que não podem ficar sem suas devidas correções.

1) Na introdução do texto, quando citamos o nome de alguns japoneses destaques no universo da música clássica falamos sobre o maestro Seiji Ozawa, diretor musical da Ópera Estatal de Viena . Na ocasião dissemos que a sede da Ópera seria na Suíça. Na verdade, a federação europeia cuja capital é Viena se chama Áustria. A capital da Suíça é Berna (que por sinal é pouco conhecida).

2) Na parte em que dedicamos ao célebre Mozart apresentamos o músico e compositor como alemão. Está errado! Mozart compôs e falou durante a vida inteira no idioma alemão, mas sua naturalidade é austríaca (mas uma vez nós aqui excluímos a Áustria. Aos nossos leitores que tem laços com a nação europeia: perdão!).

Mozart é natural de Salzburgo no centro-oeste austríaco. Erramos também o período em que seu trabalho se desenvolveu. Na matéria citamos o século XIX, mas o correto é o século XVIII. Isso porque deve-se ter em mente que na História da Música o compositor é originário do período Clássico e não do Romântico.

Peço desculpas pelos erros e agradeço a compreensão de nossos leitores. Um agradecimento especial ao pianista Marcelo Nicolazzi que nos acompanhou e avisou-nos das falhas nestas duas informações.

================================================================================================

Equívocos esclarecidos... Vamos ao que interessa!

Agora, nesta segunda parte destacaremos mais alguns animes com relações íntimas em termos de roteiro com o universo da música clássica, além de citar alguns animes onde podemos encontrar esta dobradinha. Mais uma vez silêncio no auditório, pois o concerto continua!

Antes uma explicação que faltou na primeira parte da matéria:

C- Dó  

C# - Dó sustenido / D ♭ - Ré bemol   

  D – Ré    

D# - Ré sustenido / E  ♭ - Mi bemol

E – Mi  

 F – Fá   

  F# - Fá sustenido / G ♭ - Sol bemol  

 G – Sol

G# - Sol sustenido / A ♭ - Lá bemol    

  A – Lá   

  A# - Lá sustenido / B ♭ - Si lemol   

 B – Si

 

Acima você confere as notas musicais de uso na teoria musical. Eu mesmo quase não entendo a existência das notas diatônicas (sustenido '#' e bemol '♭') em uma escala musical (não sei nem mesmo a ideia de escalas crescente e decrescente). Meu irmão, que é guitarrista, tenta, mas não consegue me fazer aprender. As notas servem para vocês lerem os títulos das peças musicais que estão sendo apresentadas aqui.

 

NODAME CANTABILE

Assim como Shigatsu wa Kimi no Uso este anime tem sua trama voltada no drama slice of life de jovens  nativos do cenário musical erudito. Particularmente acho que este é bem mais maduro pelo fato das circunstâncias do roteiro. Noda Megumi (Nodame) e Chiaki Shinichi são dois estudantes de pós-graduação em Música Clássica que entre reviravoltas da vida acabam se apaixonando.

Ele é um gênio oriundo de uma família de músicos e ela uma pianista que ama os clássicos, mas vive a vida a adaptá-los, o que lhe custa muitas reprovações dos mais conservadores. Além disso ela tem uma característica peculiar: tem um talento para aprender as peças musicais “de ouvido”, mas não é tão boa na leitura das partituras.

Digo que é bem mais maduro pelo fato do choque de idade aqui presente. Enquanto que no anime anterior temos jovens músicos despertando seus talentos e sentimentos a partir das grandes peças musicais, em Nodame Contabile vemos músicos experientes que variam entre as crises existenciais enquanto herdeiros da arte de se expressar por meio da música e o conflito presente entre a vida social e a profissional.

Fatos esses que são bem mais próximos de qualquer realidade que você conheça. Depois dos 20 anos o jovem adulto se vê em um balaio de emoções bem mais intensas que a do adolescente, pois agora ele não tem mais tanto tempo a perder nas suas decisões.

Adaptado do mangá homônimo de autoria da mangaká Tomoko Ninomiya, Nodame Contabile (melhor mangá shoujo no Kodansha Manga Award 2004) foi adaptado em  três temporadas para a TV e ainda possui uma 4ª temporada exclusiva na publicação impressa.

No Brasil o anime foi exibido na época do antigo canal Animax, em 2011, na terceira e última fase do canal – conhecida como TV Extraordinária – sendo o último anime na grade de programação da emissora antes da sua passagem de sinal para o canal Sony Spin, do mesmo grupo comercial (época maravilhosa!!!)

Em 46 episódios o anime conta com várias obras de Brahms, Chopin, Gershwin, Rachmaninoff, Liszt e Beethoven. Alguns aqui já conhecidos por nós.

Destaco agora duas peças executadas ao longo do anime que são muito bonitas e me chamam a atenção por suas peculiaridades:

Piano Concerto No.02 in C minor, Op.18-1 - Rachimaninoff

Trata-se de uma composição para piano e orquestra de Sergei Rachmaninoff e é uma das mais populares de seu criador. O seu trabalho original é marcado pela presença de 2 flautas, 2 obóes, 2 clarinetes em B ♭ (I mov.) E, A (II & III mov.), 2 fagotes, 4 trompas em F, 2 trompetes em B ♭ , 3 trombones (2 tenor e 1 baixo), tuba, tímpanos, bumbo, pratos, piano solo e cordas. Ele é escrito em forma de concerto em três movimentos.

Em Nodame Contabile temos um dueto de piano, que para por completo todos ao redor que estão acompanhando. Destaco essa cena pela sua profusão de elementos dramáticos e sonoros presentes. É uma dos meus dois momentos preferidos da animação.

Curiosamente, ao longo da pesquisa descobri que “Paino Concerto No.02 in C minor Op.18-1” está presente na trilha sonora de mais dois animes: Fairy Tail (usado no episódio 114) e Gankutsuou (nos episódios 11 e 12). Nodame Contabile também ganhou uma adapatação para dorama live-action.

Vamos conferir agora uma peformance com a referida peça musical:

Piano Concerto No.01 in E minor, Op.11 - Chopin

Dedicado a Friedrich Kalkbrenner, Segundo a História, esse concerto em paino foi apresentado pelo próprio Chopin dessa forma: “Aqui está, sem dúvida, a minha tendência em fazer o mal contra minha vontade. Como algo involutariamente penetrou em minha cabeça através dos meus olhos, eu gosto de ceder a isso, mesmo que possa ser tudo errado", disse ao se referir a intensidade da canção.

A peça completa é composta de três movimentos:

Alegro Maestoso

Romanze – Larghetto em E maior

Rondo – Vivace in E maior

No anime a cena acima também é cheia de sentimentos e uma das apresentações musicais mais belas.

Confira uma interpretação da peça musical:

 

KINIRO NO CORDA: PRIMO PASSO

Esse eu confesso que não conhecia. Totalmente inédito mesmo para este que vos escreve. E bem mais peculiar ainda, pois se trata da união de dois gêneros tradicionais dos animes (gakuen/escolar e slice of life) com um estilo específico de música erudita, que é a dedicada ao violino.

Em Kiniro no Corda: Primo Passo, temos o estudante Kahoko Hino, membro da Seção Geral de Educação da Academia Seiso – uma escola onde os alunos são divididos entre os músicos e não músicos –. A escola tem como tradição participar de uma competição de música onde sempre os alunos com habilidades musicais são escolhidos (não tinha porque ser diferente).

Tudo muda quando ele conhece Lili, uma fada musical, que lhe dá um violino encantado e ele passa a ser um dos competidores da nova edição do torneio. Graças ao violino ele pode tocar qualquer peça musical e se envolve em provas para mostrar que mesmo sendo um estudante normal também pode ser um grande músico.

No decorrer da trama temos uma bela amizade surgindo entre ele, seu rivais e a fada, por quem passar nutrir um sentimento. É de uma beleza ímpar.

EllensdritterGesang (Ave Maria) – Franz Schubert

Conhecida mundialmente, a canção, que no anime é representada por um dueto de violinos do casal protagonista é o destaque musical que faço. "Ave Maria", nome popular dado à peça musical, na verdade se chama EllensdritterGesang “Terceira Música de Ellen” e foi composta por Franz Schubert em 1825 como parte do seu Opus 25 – uma configuração de sete cançõs do poema épico popular de Walter Scott, A Dama do Lago.

Aqui não tem muito do que se dizer. A não ser que muita gente se enganou por um vida achar que originalmente tratava-se de uma música sacra. Ela acabou sendo incorporada no universo católico, mas Schubert inicialmente não havia pensado nisso.

Kiniro no Corda, além de sua primeira parte (Primo Passo) ainda tem uma história paralela (Primo Passo – Hitonatsu no Encore), uma seqüela (Kiniro no Corda: Secondo Passo) e um spin-off (Kiniro no Corda: Blue Sky).

Confira uma interpretação da canção:

Bom, até aqui vimos animes em que toda a sua narrativa gira em torno do universo musical clássico. Mas como já sabemos, o japonês tem uma ligação mais do que especial com o erudito. Tanto que é comum encontramos em shonens, seinens e demais gêneros uma outra obra musical desse estilo.

Destaco agora algumas (porque são muitas mesmos) que todo mundo vê mais nem dá importância. A maioria por nem conhecer.

 

Ride of the Valkyries – Richard Wagner

Uma das canções mais "Pop" da Música Clássica (que ninguém me tome por herege! Só quero dizer que de tanto ser usada no mundo pop como referência acaba ganhando essa conotação. O que não a desmerece em nenhum momento) tem sua participação em cenas de grande tensão/clímax nas narrativas.

A canção ficou conhecida no cenário Geek em 1979 quando serviu de BG (background / música de fundo) para a emblemática cena do helicóptero do filme Apocalypse Now. No universo dos animes temos: Yu-Gi-Oh! (em um de seus fillers no episódio 189); Gudetama (episódio 234); Dai Maho Touge (episódio 03); e no mais recente  Gate Jieitai Kanochi nite kaku Tatakaeri (episódio 06), que você confere agora:

A elegância e o suspense/aventura presente na melodia com certeza dão um ganho em 100% para esta cena. A referência ao filme de Francis Ford Copolla é nítida também. Ride of the Valkyries é o tema de abertura do ato III da ópera Die Walküre, a segunda das quatro óperas de Richard Wagner que compõem a peça musical “O Anel dos Nibelungos” (que já acompanhei pela internet e digo que é maravilhosa).

Confira uma versão da música na integra:

 

Nosso leitor Marcelo Nicolazzi (que é músico pianista) sugeriu também alguns casos bem legais:

 

Estudo nº 3 em Mi Maior, Op. 10 “Tristesse” - Chopin 

Essa canção está presente no OST do anime Kore wa Zombie Desu ka? em momentos ironicamente cômicos.

 

Sonata para Dois Pianos em Ré Maior, K.448 - Mozart 

Essa está presente na OST do anime Ouran High School Host Club no climax romântico da série:

 

Na nossa procura encontramos também:

 

“Air on a G string” - Bach

“Air on a G string” de Johann Sebastian Bach, um dos mais antigos compositores com renome internacional. Nasceu no antigo Sacro Império Romano-Germânico, atual Alemanha, em 21 de março de 1695. Oriundo de uma família de músicos logo demonstrou talento para a arte.

Também tinha grandes qualidades como maestro, cantor, professor e violinista, mas como compositor seu mérito só recebeu aprovação limitada e nunca foi exatamente popular, ainda que vários críticos que o conheceram o louvassem como grande.

A maior parte de sua música caiu no esquecimento após sua morte, mas sua recuperação iniciou no século XIX e desde então seu prestígio não cessou de crescer. Na apreciação contemporânea Bach é tido como o maior nome da música barroca, e muitos o veem como o maior compositor de todos os tempos, deixando muitas obras que constituem a consumação de seu gênero.

E aí foi ficando maior, e maior, e maior… E deu para perceber que nós otakus consumimos muita música clássica sem saber. Acabamos deixando isso se tornar familiar. Acredito que frequentar um concerto de início pode ser absurdo para muitos, mas se consumimos subliminarmente esse tipo de música, por que não fazê-lo consciente?

Essas peças musicais acalmam a alma e nos dão uma liberdade de espírito. Eternas, elas são o ápice das habilidades humanas de comunicar e expressar sentimento através de melodias.

Percebo também, que diferente do que muitos falam, nosso gosto por animes não é tão ruim como a sociedade que nos faz acreditar. Digamos que mesmo que implicitamente temos um intelecto bem mais aberto devido a essas referências que autores e estúdios nos permitem vivenciar a cada novo episódio e temporada.

Espero ter aberto os olhos de vocês nessa reportagem. O universo erudito é vasto e cheio de coisas boas. A partir de hoje sempre que for acompanhar o OST de um anime fique atento, pois Bethoven, Bach, Chopin, Mozart e companhia podem está lá.

Abaixo alguns artistas da Música Clássica catalogados na comunidade estadunidense My AnimeList com suas respectivas participações em OST de animes ao longo dos anos. Animes como Madoka Mágica, Fair Tail, Neo Genesis Evangelion, Full Metal Alchemist estão citados entre as listas. Confira:

BACH   //    BEETHOVEN  //   CHOPIN  //  MOZART //  RACHIMANINOFF  //  RICHARD WAGNER

 

Para encerrar…

Faltou falarmos de Digimon Adventure como prometido. Esta é a minha canção predileta (com espaço garantido no MP3 player). Sobre ela podemos dizer que sua origem provém de um pedido da dançarina Ida Rubinstein, que encomendou a Ravel a criação de um balé a caráter espanhol.

Ravel pensou poder arranjar alguns extratos de Iberia, um conjunto de peças para piano de Isaac Albéniz, mas ele não pôde obter os direitos de fazer como desejava, pois Albéniz havia dado os direitos de arranjo a seu pupilo Ferdinand Enrique Arbos. Em vez disso, Ravel compôs uma nova obra.

A estreia deu-se em Paris, na Ópera Garnier, em 22 de novembro de 1928 sob direção de Walthr Straram, com coreografia de Bronislava Nijinska e cenáros de Alexandre Benois. A e a peça causou escândalo devido à sensualidade da coreografia.

É claro que estou falando do Bolero de Maurice Ravel!

Com quase 17 minutos (na versão original) a peça é conhecida como o “mais longo crescendo do mundo”. Curiosamente uma das intrerpretações da canção mais interessante para nós  acontece em João Pessoa-PB, na Praia do Jacaré, onde todos os dias o saxofonista Jurandy do Sax toca a música em sincronia com o pôr-do-sol alegrando turistas e moradores da localidade.

Essa canção está na OST de Digimon Adventure e marca durante vários momentos as cenas flashbacks e os momentos de clímax dos heróis. Foi a primeira vez que me dei conta de animes tinham referências musicais tão complexas. Tanto que para mim hoje é impossível ouvi-la sem lembrar da infância.

Confira a versão da canção Bolero, de Maurice Ravel, para o anime Digimon Adenture (’99  Haru Toei Anime Fair Shyiou Version):

E agora a minha interpretação preferida de Bolero pela Filamônica de Viena:

É isso! Espero que tenha sido útil! Se conhecerem mais confiram se estão nas listas indicadas. Caso não coloque nos comentários.

Sayonara!

Qual foi o melhor filme de 2017 até o momento?
Assassin's Creed;
Logan;
Power Rangers;
Ghost in the Shell.
Ver resultado

130 votos até o momento.

Ajin Demi Human - Teaser Trailer Video: Ajin Demi Human - Teaser Trailer
TOP - PARCEIROS:

Seja Parceiro! Heróis no Papel Dragon Ball Limit-F Otaku Store Camiseta da J-Hero

+ Parceiros:

Reiki Project SuperScan Animes Darker Amefuri Blog Dark Lorde Aenianos Fansubber Animes Torrents Oruske Downloads Otaku na Rede HI Animes Online Blog do Gusta MangáMania Nostalgia Jogos Online Esquadrão Lunático Ranma Tanma RPG Maker Z Nintendista Oficial Geek Project Dublagem Brasileira Tripulação Nerd

Clique aqui para ver a lista completa