• grupo radiojhero no facebook
  • chat

Hikari Comenta | Yuru Camp, um animê entre os melhores da temporada

Data: Sábado, 24 de Março de 2018 - 21:28h Autor: Saylon Kaguya comentários

yuru camp

O fim da Temporada de Inverno 2018 reserva bons momentos de saudades para muitos fãs. Entre o frenesi da etapa final de Dragon Ball Super, o sucesso moderado de Darling in the FRANXX e algumas decepções como Violet Evergarden (mesmo tendo ficado realmente bom na metade do período), Sakura Card Captor: Clear Car-hen e Fate Extra: Last Encore, a temporada deixou uma belíssima impressão na maioria dos membros do fandom que receberam com bastante entusiasmos animês totalmente bem diferentes das propostas que já estamos acostumados durante o inverno.

Alguns dos animês que chamaram a atenção são Pop Team Epic (e sua comédia hardcore) e Ramen Daizuki Koizumi-san. Outros seguem para a Temporada de Primavera. Entre eles: Nanatsu no Taizai: Imashime no Fukkatsu, Grancrest Senki, Bleatless e Toji no Miko. Todos relativamente bons em suas narrativas – alguns mais do que outros –.

Mas como sugere o título desse artigo, o animê que mais chamou a atenção desse que vos fala e que merece receber (ao menos desta coluna) o título de “melhor da temporada” é a comédia seinen Yuru Camp.

Simples, mas não genérico. Essa é a melhor forma definir o animê como um todo. Cada um dos principais elementos da produção de Yuru Camp são bem afinados. Da animação à dublagem passando por trilha sonora e roteiro, ele todo é bem montado e não a toa repercutiu até mesmo no noticiário local do Japão.

Retratando o clima da estação do inverno (e cobrindo outros momentos como verão e outono), o animê que conta a história das amigas Nadeshiko, Rin e companhia chegou a ser citado durante o programa YBS Wide News da emissora Yamanishi Broadcast System. A reportagem relatou que fãs da animação estariam acampando no inverno ao sopé do Monte Fuji, na região dos cinco lagos, inspirados nas meninas. A prática não é comum no período do ano e acabou registrando um aumento de três vezes mais campistas em comparação com o mesmo período em anos anteriores.

A cidade de Yamanishi – onde se passa a trama – chegou a criar uma seção especial em seu site sobre o turismo na região a partir dos destaques do animê. Essa mesma repercussão influenciou no aumento das vendas do mangá que inspirou a adaptação.

Ainda sobre as influências do animê infelizmente é preciso dizer que muitos desses novos “campistas” atraídos pela febre de Yuru Camp são de alguns otaku que estariam ignorando completamente as regras de camping japonesa e a própria mensagem do animê, que sempre esteve procurando educar coletivamente sobre a prática e suas atitudes corretas para promoção do bem estar.

Por outro lado, o consumo parece ter sido a chave do sucesso de Yuru Camp. Alguns sites e blogs estrangeiros já chegaram a noticiar que em alguns lugares do Japão motonetas da marca Yamaha e em tom de vinho (a mesma da personagem Rin) estariam sendo vendidas com facilidade. Abaixo um mapa com todos os campings citados e visitados ao longo de 12 episódios do animê.

Influências consumistas à parte, ainda não se sabe se Yuru Camp chegará a ter uma segunda temporada algum dia (quem sabe!). Produzido por um estúdio de pequeno porte, o C-Station, os principais membros do comitê de produção são o canal AT-X, a Sony Music e o Crunchyroll. Esse foi o primeiro grande projeto de Yoshiaki Kyougoku como diretor. No passado o animador trabalhou como diretor de episódios em C-Blood, Kuroko no Basket e Robotic; Notes.

E aqui vai uma primeira impressão. Yoshiaki Kyougoku deve ter pensado em uma animê para o público internacional – talvez justamente por ter o Crunchyroll no comitê – tanto que investiu num clipe de abertura todo em romaji. Sim, caso não tenha percebido diferente das aberturas comuns que estamos acompanhados todos os nomes da staff de animação aparecem no alfabeto ocidental permitindo-nos saber sobre cada um dos nomes parte do projeto. Isso é legal!

Além da comicidade presente ao decorrer da narrativa a arte é bem elaborada e retrata com fidelidade diversas cenas do cotidiano real do Japão e as ambientações dos cenários.

Mas o brilho de Yuru Camp está em sua trilha sonora. A OST do animê é assinada por Akiyuki Tateyama e traz um clima bucólico, motivacional e aconchegante. Em outros momentos é bastante alegre e ressalta o lado cômico da trama, que predomina. Detalhe aqui para a opening e a ending.

A abertura “Shiny Days” é interpretada por Asaka e traz um divertimento. A cantora de apenas 18 anos encanta por seu domínio vocal e o relativo sucesso desde o debut em 2016. Sua inspiração é a cantora Konomi Suzuki, tanto que alguns já chegam a compará-la. Só que enquanto a musa das animesongs é de um pop mais progressivo com elementos de rock, a menina cantora é mais comedida e presa numa balada pop sintetizada e melódica.

Já o encerramento... Esse sem dúvida alguma é o melhor do Inverno 2018 (empatado de forma igualitária com o single Ref:Rain da já consagrada Aimer, que é tema de After of the Rain) e se destaca principalmente pelo arranjo extraordinário de uma balada pop inspirada no clima campestre. Os violões ditam o ritmo e se aperfeiçoam junto com a voz de Eri Sasaki. Adocicada e mesmo assim potente a Graduada em Ciências Humanas pela Universidade de Kyoto alcança seu 29 anos com seu segundo single em um animê. A canção “Fuyu Biyori” exalta a amizade e o carinho de se estar com quem se gosta.

E amizade é o tema central do animê, que é inspirado no mangá assinado pelo artista Afro e publicado pela editora Houbunsha desde 2015 e conta atualmente com 6 volumes. As personagens Nadeshiko Kagamihara, Rin Shima, Chiaki Oogaki, Aoi Inuyama e Ena Saitou são bem diferentes umas das outras e até mesmo possuem relações diferentes entre si. Mas quando o assunto é acampar elas se esquecem disso e só se preocupam em viver de forma bastante alegre e envolvente. Isso fica mais perceptível graças ao talentoso trabalho do time de seiyuus que conta com nomes como o de Rie Takahashi, Nao Toyama, Yumiri hanamori, Aki Toyasaki e Sayuri Hara.

Por toda essa contextualização, Yuru Camp é um animê completo. Bom animação, boa trilha sonora, bons dubladores, bom roteiro e boa receptividade e fuga do senso comum das exibições. Na mais justo que chamá-lo de o melhor da temporada não acha?

Caso concorde aqui vem novidade. O twitter oficial do animê já divulgou o título do OVA de Yuru Camp e se chamará “Heya Camp Episode 0” e vai contar uma história antes da chega de Nadeshiko com foco na amizade de Inuyama e Chiaki. Fora isso fica só as especulações de uma possível segunda temporada em 2019 ou 2020, mas nada confirmado.

Até a próxima e... Sayonara!

Você gostaria de ver a J-Hero com canal no Youtube?
Sim eu quero
Não quero
Não sei
Nunca pensei nisso
Ver resultado

47 votos até o momento.

RADIANT - Trailer Video: RADIANT  - Trailer
TOP - PARCEIROS:

Seja Parceiro! Nostalgia Jogos Online BANZAI ANIMES

+ Parceiros:

Dragon Ball Z Fanson Hyrule Legends - Zelda.com.br Anime & Mangá FênixSub Vocaloid BR Blog do Gusta JBox Fansub Anime Land SPLATOONBRASIL Armazém Otome Ow Scan OtakuBR - Mangás Anime Valkiria Animes Infinity - 愛  Aenianos Fansubber Tereza Costa Art Branitube Esquadrão Lunático Anime Freak Show RPG Maker Z

Clique aqui para ver a lista completa